Foto: Fernando Michel/

O América não conseguiu repetir as boas atuações da reta final do Campeonato Mineiro e acabou perdendo no retorno à Série A do Brasileirão. Com uma apresentação abaixo do esperado, o Coelho ainda viu suas crias da categoria de base brilharem na jogada do gol da vitória do Fluminense por 1 a 0, neste domingo, no Independência, na estreia das equipes na competição.

Aos 38 minutos do primeiro tempo, após um chute de longe rebatido por João Ricardo, o atacante Richarlison recuperou a bola quase na linha de fundo e rolou para Fred completar para as redes. Ambos foram revelados pelo América e tiveram passagens marcantes pelo clube.

Além de estrear com o pé esquerdo no retorno à Série A após quatro anos, o América também perdeu a longa invencibilidade de 18 jogos no Horto. A equipe alviverde não sabia o que era uma derrota em seus domínios desde o dia 5 de setembro do ano passado. Para piorar, esta foi a primeira vitória do Fluminense sobre o Coelho na história do Brasileirão.

Mas o América não terá muito tempo para lamentar a derrota. Na próxima quarta-feira, às 21h45, o Coelho visita o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, decidindo uma vaga na Terceira Fase da Copa do Brasil. Depois de empatar sem gols no Independência, o time alviverde precisará vencer ou empatar com gols para obter a classificação.

O jogo

Apesar de ser o mandante, o América adotou uma postura mais cautelosa e se fechou na defesa. Com Gustavo Scarpa bem marcado, o Fluminense não conseguia furar o bloqueio e passou a explorar o jogo aéreo, mas sem sucesso. A ideia do clube mineiro era encontrar um contra-ataque, com uma aposta em Tiago Luís. Nas duas vezes em que o atacante teve liberdade, arriscou de fora da área. As tentativas foram para fora.

Fred fazia partida discreta, mas, na primeira finalização, ele marcou. Aos 38, Osvaldo arriscou de fora da área e João Ricardo espalmou. No rebote, Richarlison tocou para Fred completar para a rede: 1 a 0. Com a vantagem, tudo ficou mais fácil para os cariocas, que perderam duas chances claras de gol. Uma com Henrique, em cabeceio. A segunda com Richarlison, que recebeu passe de Jonathan e isolou.

Depois da etapa inicial, que teve chances escassas de gol, o jogo melhorou. Logo no começo do segundo tempo, o América teve boa oportunidade para empatar. Após falha da defesa, a bola sobrou com Osman, livre, que chutou para fora. O Fluminense não demorou a responder. Fred recebeu passe de Jonathan e quase ampliou.

Aos poucos, Gustavo Scarpa conseguiu se desgarrar da marcação e criou problema para o América. Aos 18, quase marcou um gol olímpico. João Ricardo fez boa defesa. Aos 19, recebeu passe de Marcos Júnior e chutou forte, mas parou em outra boa intervenção do goleiro.

O América teve mais chances para empatar. Uma delas graças a Diego Cavalieri, que espalmou a bola no pé de Rafael Bastos, que desperdiçou. Aos 34, foi a vez de Osman. O jogador recebeu na área duas vezes e errou o alvo. No fim, o time tentou uma pressão, mas sem sucesso.

América 0 x 1 Fluminense

América: João Ricardo; Artur, Alison, Sueliton e Danilo; Leandro Guerreiro, Claudinei, Rafael Bastos e Osman; Tiago Luís (Borges, Guilherme Xavier) e Victor Rangel (Sávio). Técnico: Givanildo Oliveira

Fluminense: Diego Cavalieri; Jonathan (Giovanni), Gum, Henrique e Wellington Silva; Edson, Cícero, Gustavo Scarpa e Oswaldo (Marcos Júnior); Richarlison (Gerson) e Fred. Técnico: Levir Culpi

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 15 de maio de 2016, às 16h

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Gol: Fred (38’/1ºT)

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)

FONTERadio Itatiaia
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook