Foto Carlos Cruz América MG

Os jogadores do América voltam aos treinos nesta terça-feira ligados em mais uma “decisão” nesta fase de classificação. A vitória sobre o Boa Esporte por 2 a 0 foi bastante festejada, mas não foi suficiente para garantir à vaga na próxima fase. O time americano começa sua preparação para a última rodada desta fase com o desafio de vencer pela primeira vez fora de casa.

O Coelho está com 17 pontos e basta um empate para ratificar a classificação, que pode acontecer até mesmo em caso de derrota combinada com o resultado do jogo do Villa Nova. Essa hipótese, porém, não passa pela cabeça de nenhum dos jogadores. “A gente fechou que seriam três finais. Graças a Deus, duas foram concluídas e, agora, vamos para a última rodada com o intuito de vencer e garantir a nossa classificação fora de casa”, afirma o atacante Victor Rangel, autor de um belo gol no sábado.

Para o técnico Givanildo Oliveira, o período de instabilidade já está superado. Com a mudança do esquema de jogo, a equipe se reequilibrou e não sofreu gol nos dois últimos jogos com vitórias, na Arena Independência.

“A mudança deu certo, ganhamos dois jogos e não levamos gols. Eu poderia ter feito a mudança e ter perdido”, salienta o treinador, que aguarda a avaliação médica do zagueiro Adalberto e do meia Rafael Bastos para pensar a formação da equipe. Os dois deixaram o campo mais cedo reclamando contusões.

“Os jogadores preocupam.  Penso em viajar na sexta-feira, portanto, eles terão menos tempo de recuperação”, observa Givanildo, que, por outro lado, aguarda a liberação de jogadores que estão em fase de transição da fisioterapia para o campo.

FONTESite do América MG
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook