Foto divulgação Bahia

O América está classificado para a terceira fase da Copa do Brasil. Com muita raça, o Coelho segurou o Bahia, mesmo com um a menos durante quase todo o segundo tempo e conseguiu a vitória por 1 a 0 na Arena Fonte Nova, em Salvador. O gol salvador foi do zagueiro Sueliton, mas quem se destacou mesmo foi o goleiro João Ricardo.

Depois de um primeiro tempo sem muitas chances, o Coelho voltou para a etapa final e abriu o placar num lance irregular do zagueiro Sueliton. Logo depois, Artur acabou expulso por falta sem bola em Zé Roberto. Depois do lance, só deu Bahia, que parou em pelo menos seis grandes defesas do goleiro João Ricardo, o grande herói da noite.

Com a classificação, o América enfrentará o Fortaleza, que eliminou o Flamengo com duas vitórias por 2 a 1.

Agora, o Coelho volta às atenções para o Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16h, o América visita a Chapecoense na Arena Condá.

O América começou o jogo marcando mais o Bahia, que, com apoio da torcida, foi para cima no começo do jogo. A equipe tricolor dominou os primeiros 20 minutos da partida, perdendo boas chances e evitando as descidas do Coelho para o campo de ataque.

Aos poucos o América foi entrando no jogo e saindo mais para o ataque. O Coelho teve boas chances com Artur e Rafael Bastos. O Bahia respondeu, com Thiago Ribeiro, que perdeu duas chances incríveis, e Luisinho. Apesar das várias situações criadas, principalmente pelos donos da casa, os goleiros pouco trabalharam na etapa inicial.

Sueliton marca e João Ricardo salva

Logo no início do segundo tempo, o América conseguiu abrir o placar. Aos seis minutos, Tiago Luís cobrou falta, a bola foi escorada e Bruno Sávio chutou em cima de Marcelo Lomba. A bola sobrou no pé do zagueiro Sueliton, que, em impedimento, empurrou para o gol: 0 a 1. Três minutos depois do gol, o zagueiro Artur acertou Zé Roberto sem bola e foi expulso. Com um a mais, o Tricolor foi para cima. Juninho, ex-América, cobrou falta no travessão. No rebote, João Ricardo fez grande defesa em cabeçada de Thiago Ribeiro.

O técnico Doriva colocou o Bahia para cima com as três substituições feitas. E o nome do segundo tempo foi o goleiro João Ricardo, que fez grandes defesas na etapa final e evitou o empate do Bahia. Foram seis grandes intervenções que ajudaram a garantir o Coelho na terceira fase da Copa do Brasil.

BAHIA 0 X 1 AMÉRICA

BAHIA
Marcelo Lomba, Tinga, Eder, Jackson e Moisés; Feijão (Gustavo Blanco), Luisinho, Juninho e João Paulo Gomes (Henrique); Thiago Ribeiro (Rodrigo Rodrigues) e Zé Roberto
Técnico: Doriva

AMÉRICA
João Ricardo, Artur, Alison, Sueliton e Danilo; Leandro Guerreiro, Claudinei, Ernandes e Rafael Bastos (Christian); Osman (Bruno Sávio) e Tiago Luís (Roger)
Técnico: Givanildo Oliveira

Gol: Sueliton, aos seis minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Marcelo Lomba (BAH); Alison (AME)
Cartão vermelho: Artur (AME)
Motivo: 2ª partida da segunda fase da Copa do Brasil
Estádio: Arena Fonte Nova, em Salvador
Público pagante: 5.836
Renda: 68.565,00
Árbitro: Vinícius Dias Araújo (CBF/SP)
Assistentes: Tatiane dos Santos Camargo (Fifa/SP) e Daniel Paulo Ziolli (Fifa/SP)

COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook