BELO HORIZONTE (20.10.2016) Cruzeiro x Santos, no Mineirao, pela 36 rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. Juliana Flister

Depois de virar o primeiro tempo vencendo, o Cruzeiro sofreu a virada do Santos em duas falhas de Lucas Romero, mas aos 44 minutos da etapa final conseguiu arrancar o empate por 2 a 2, neste domingo, no Mineirão, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vale ressaltar que no segundo gol da Raposa, o zagueiro Manoel estava em posição irregular.

O empate acabou sendo ruim para os dois. Para o Cruzeiro, reduz ainda mais as já pequenas chances de o time conseguir uma vaga na Copa Libertadores de 2017. Com o resultado, a Raposa caiu para a 12º lugar, com 48 pontos, sete atrás do Botafogo, sexto colocado. Já o Santos agora vê o título cada vez mais perto do Palmeiras. Vice-líder, o Peixe foi a 68 pontos e fica com seis a menos ao rival faltando duas rodadas.

A Raposa abriu o placar aos 22 minutos do primeiro tempo com Arrascaeta. Após bola alçada na área do Santos, o uruguaio disputou pelo alto com Zeca. O zagueiro Noguera não conseguiu cortar e o camisa 10 celeste aproveitou a bobeada e bateu no canto.

Mas logo aos 2 minutos do segundo tempo, o Santos empatou em um vacilo de Lucas Romero. O argentino recuou errado para Rafael e deu a bola nos pés de Ricardo Oliveira, que avançou livre e tocou na saída do goleiro celeste.

Não era o dia de Romero. Aos 15, o argentino cometeu pênalti em Copete e proporcionou o segundo gol do Santos convertido por Ricardo Oliveira.

Mas o zagueiro Manoel tratou de minimizar o desastre no Mineirão e empatou a partida aos 44 minutos do segundo tempo. Bryan cobrou falta para a área e o defensor celeste, em um pouco à frente, testou no cantinho. Pouco antes, a Raposa ainda teve o uruguaio Arrascaeta expulso.

Na penúltima rodada, o Cruzeiro visita o Internacional o próximo domingo, às 17h, no Beira-Rio. No mesmo horário, o Santos encara o Flamengo, no Maracanã.

Cruzeiro 2 x 2 Santos

Cruzeiro: Rafael; Lucas Romero, Léo, Manoel e Bryan; Henrique, Ariel Cabral (Bruno Nazário), Robinho (Marcos Vinícius) e Arrascaeta; Alisson e Willian (Ábila). Técnico: Mano Menezes

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Fabian Noguera (Léo Cittadini), David Braz e Zeca; Thiago Maia (Jean Mota), Renato e Lucas Lima; Vitor Bueno (Lucas Veríssimo), Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data: 20 de novembro de 2016, domingo, às 17h

Gols: Arrascaeta (22min/1ºT), Ricardo Oliveira (2min/2ºT e 16min/2ºT-pênalti), Manoel (44min/2ºT)

Cartão Amarelo: Lucas Lima, Vanderlei, Jean Mota (Santos); Lucas Romero, Henrique, Alisson (Cruzeiro)

Cartão Vermelho: Arrascaeta (Cruzeiro)

Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)

Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

FONTERádio Itatiaia
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook