Atlético vence Del Valle e segue 100% na Libertadores

foto: Bruno Cantini/Atlético MG

Em um jogo com dois tempos distintos, o Atlético venceu o Independiente del Valle, do Equador, por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Independência, pela segunda rodada da Copa Libertadores. O único gol da partida foi marcado logo aos 3 minutos do primeiro tempo por Lucas Pratto. Na etapa final, chamou a atenção a vaia de parte da torcida ao técnico Diego Aguirre, que tirou Cazares, que vinha bem na partida, para proporcionar a estreia de Robinho. Com o episódio, a primeira partida do ‘Rei das Pedaladas’ com a camisa atleticana acabou ficando em segundo plano.

Após um início avassalador e com várias chances para ampliar o placar depois do gol de Pratto, o Atlético diminuiu o ritmo alucinante a partir da segunda metade do primeiro tempo. Mesmo assim, a equipe alvinegra seguiu dominando a partida. Enquanto isso, o Del Valle teve apenas uma oportunidade com o atacante Cabezas, mas Victor fez bela defesa.

No segundo tempo, o Atlético não conseguiu repetir o bom desempenho da etapa inicial, principalmente dos primeiros minutos de jogo. Sem intensidade, o time alvinegro tinha dificuldades para chegar ao gol do adversário e ainda passou a sofrer com ataques mais frequentes dos equatorianos.

Aos 10 minutos do segundo tempo, Robinho entrou em campo no lugar de Cazares, que estava bem no jogo. A substituição não agradou parte da torcida, que vaiou o técnico Diego Aguirre. Pouco depois, o treinador ouviu coro de ‘burro’. Na sequência, a outra parte dos torcedores gritou o nome do comandante uruguaio para dar apoio e não influenciar negativamente no desempenho do time.

De nada adiantou e os jogadores do Atlético sentiram o clima ruim entre torcida e técnico. A equipe, que já não atuava bem, caiu ainda mais de rendimento proporcionando outras chances ao Del Valle. Os equatorianos, no entanto, não souberam aproveitar as oportunidades. Nos minutos finais, o Galo voltou a retomar o comando da partida e não teve um pênalti assinalado em Hyuri. O atacante foi derrubado dentro da área, mas o árbitro não entendeu como falta e mandou o jogo seguir.

Com o resultado, o Atlético foi a seis pontos, se manteve como líder isolado do Grupo 5 e com 100% de aproveitamento no torneio continental. O Colo Colo, que mais cedo venceu o Melgar em casa por 1 a 0, aparece na segunda posição, com quatro pontos. Os equatorianos do Independiente Del Valle ocupam o terceiro lugar, com um, enquanto os peruanos ainda não pontuaram e amargam a lanterna.

O Atlético só voltará a campo pela Copa Libertadores no dia 10 de março. O duelo será contra o Colo Colo, em Santiago, no Chile, pela terceira rodada e que valerá a liderança do Grupo 5. A partir de agora, a equipe alvinegra passa a pensar novamente no Campeonato Mineiro. Sábado, às 17h, o Galo vai até Patos de Minas para enfrentar a URT, pela quinta rodada do Estadual.

Atlético 1 x 0 Independiente del Valle

Atlético: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Leandro Donizete (Júnior Urso), Rafael Carioca, Cazares (Robinho), Luan (Hyuri) e Patric; Lucas Pratto. Técnico: Diego Aguirre

Independiente del Valle: Azcona; Christian Nuñez, Arturo Mina, Caicedo e Ayala; Rizotto, Orejuela, Tellechea (Julio Angulo), Sornoza (Cortez) e Cabezas; José Angulo. Técnico: Pablo Repetto

Motivo: 2ª rodada – Grupo 5 da Copa Libertadores

Data: 24 de fevereiro 2016, quarta-feira, às 21h45

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Gol: Lucas Pratto (3’/1ºT)

Cartão Amarelo: Leonardo Silva, Marcos Rocha, Lucas Pratto, Leandro Donizete (Atlético); Ayala, Orejuela, Arturo Mina (Del Valle)

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)

Auxiliares: Ivan Nuñez (ARG) e Ezequiel Brailovski (ARG)

Público: 20.851 torcedores

Renda: R$ 1.244.430,00

FONTEItatiaia
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook