Bélgica cancela treino após ataques, e jogo contra Portugal está ameaçado

A seleção da Bélgica cancelou o treino desta terça-feira, após as explosões no Aeroporto Internacional de Zaventem e na estação de metrô Maelbeek em Bruxelas que deixaram ao menos 30 mortos e dezenas de feridos.

Além disso, o amistoso contra a seleção portuguesa, marcado para a terça-feira da semana que vem na capital belga, corre o risco de não acontecer mais.

Classificada para a Eurocopa, a Bélgica já não tinha enfrentado a Espanha, em novembro, por conta de ameaças terroristas no país. Há uma forte suspeita que as explosões desta terça-feira em Bruxelas tenham sido causadas por atentados. Alguns setores da imprensa belga, inclusive, dizem que por essa razão o amistoso contra Portugal deverá ser cancelado.

 A Federação Portuguesa de Futebol informa que está em contato com a sua congênere belga e as autoridades portuguesas, belgas e internacionais, tendo em vista os acontecimentos de hoje e o jogo previsto para terça-feira da próxima semana, em Bruxelas, entre a Seleção Nacional e a seleção da Bélgica, atual número 1 do ranking da Fifa – se pronunciou a Federação Portuguesa.

Explosões foram registradas no Aeroporto Internacional de Zaventem e na estação de metrô Maelbeek em Bruxelas, na Bélgica, na manhã desta terça-feira. Onze pessoas morreram, segundo os bombeiros. A imprensa, porém, cita pelo menos 34 mortos e 170 feridos.

As explosões levaram o país a entrar em alerta máximo para atentados terroristas.

FONTE GloboEsporte.com
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook