BH muda lei para prefeito poder viajar para o exterior

Foto: Reprodução Internet

Pela primeira vez na história de Belo Horizonte, o cargo de prefeito é ocupado pelo procurador-geral do município, Rúsvel Beltrame Rocha. Ele assumiu interinamente a prefeitura por dois dias, nesta segunda-feira (20). O prefeito Marcio Lacerda (PSB) viajou para Londres no sábado (18), em caráter pessoal, com retorno previsto para esta terça-feira (21).

O prefeito viaja 20 dias após modificação na legislação do município. Antes, a Lei Orgânica de Belo Horizonte definia a linha de sucessão apenas até o presidente da Câmara, o que gerou uma confusão na última vez em que Lacerda tentou viajar.

A mudança na Lei Orgânica foi proposta pelo próprio prefeito, que enviou à Câmara Municipal em maio emenda à Lei Orgânica do Município incluindo o procurador-geral do município na linha de sucessão.

Em abril, o socialista havia anunciado uma viagem a Portugal, mas acabou cancelando. Seus sucessores legais não quiseram substituí-lo. O vice-prefeito Délio Malheiros (PSD) é candidato à sucessão de Lacerda. O presidente da Câmara Municipal Wellington Magalhães (PTN), por sua vez, pretende concorrer à reeleição.

Respectivamente, o primeiro e o segundo na linha sucessória, caso assumissem o cargo, como previa Lei Orgânica do Município, ficariam inelegíveis. De acordo com a legislação eleitoral, eles não poderiam se candidatar, ocupando o cargo após abril, seis meses antes do pleito.

Assim, por meio de emenda à Lei Orgânica de Belo Horizonte, a Câmara Municipal modificou a legislação que, agora, na ausência do prefeito, do vice-prefeito e do presidente da Câmara, quem assume o comando da cidade é o procurador geral do município. A lei entrou em vigor em 1º de junho.

Délio Malheiros providenciou uma viagem à Colômbia, onde foi conhecer o serviço de BRT (Bus Rapid Transit na sigla em inglês) de Bogotá. Wellington Magalhães também deixou o país, mas não informou o seu destino.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Belo Horizonte informou que o prefeito interino assinou nesta segunda-feira (20) decreto lei que regulamenta as regras para licença para estudos de funcionários públicos municipais, além de realizar reuniões com alguns secretários municipais.

Por Carlos Eduardo Cherem em UOL

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook