Campeonato Brasileiro: Cruzeiro perde para o Bahia.

Em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro perdeu por 1 a 0 para o Bahia, em partida disputada na noite desta quinta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA.

O time celeste jogou com um atleta a menos desde os oito minutos do primeiro tempo, quando o árbitro da partida, Wagner Nascimento Magalhães, expulsou o capitão Henrique.

Mesmo mostrando bastante empenho em campo, o Maior de Minas criou chances, mas não conseguiu buscar o empate.

A busca pela reabilitação será no próximo domingo, diante do Atlético-GO, às 18h30, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

O jogo

Aos 8 minutos de jogo, lance polêmico. Edigar Júnio escapou em velocidade e o juiz marcou falta de Henrique. Entendendo que a chance era clara e manifesta para gol, o árbitro Wagner Nascimento Magalhães optou por expulsar o capitão estrelado.

A primeira chance celeste veio com Thiago Neves em cobrança de falta. O camisa 30 chutou a meia altura e o goleiro Jean defendeu.

Com um atleta a mais, o Bahia abriu o placar aos 17. Allione escapou pela esquerda e cruzou para Edigar Júnio, que desviou de cabeça: 1 a 0.

Valente, o Cruzeiro tentou a resposta. Thiago Neves e Robinho fizeram boa tabela, o goleiro Jean interviu. No rebote, Alisson chutou prensado e a zaga afastou.

Mano Menezes se viu obrigado a fazer a primeira alteração no time aos 31 minutos da etapa inicial, colocando o zagueiro Murilo no lugar de Ábila.

Aos 35, nova chance estrelada. Diogo Barbosa fez grande jogada pela esquerda e cruzou para Robinho. O camisa 19 escorou com perigo e o goleiro adversário fez grande defesa.

O time da casa teve outra boa chance aos 40 minutos. Juninho cobrou falta com perigo e acertou o travessão celeste.

O Bahia tentou novamente três minutos depois. Vinícius armou bom chute da entrada da área e Fábio fez grande intervenção, espalmando a bola pela linha de fundo.

Segundo tempo

A primeira chance na etapa complementar foi azul. Thiago Neves cobrou falta na esquerda e Ariel Cabral desviou pela linha de fundo.

Aos 10 minutos, Lucas Romero fez uma grande jogada, driblou três marcadores, mas arrematou para fora.

Ainda com um atleta a menos, a Raposa esboçou uma pressão. Robinho e Thiago Neves fizeram bela trama dentro da área aos 15. O camisa 19 rolou a bola para Thiago, que chutou forte na saída do goleiro. No entanto, a bola tocou no pé do zagueiro adversário e saiu para escanteio.

Se superando em campo, o Maior de Minas continuou criando oportunidades. Aos 20 minutos, Robinho cruzou para a área e Thiago Neves cabeceou entre os zagueiros, mas Jean defendeu.

O primeiro lance de perigo do time da casa no segundo tempo aconteceu aos 27 minutos. Edigar Junio cabeceou, a bola desviou em Murilo e acertou a trave.

A segunda alteração no time cinco estrelas aconteceu aos 30 minutos do segundo tempo, quando Robinho deu lugar a Elber.

No minuto seguinte, mais uma ação ofensiva do Cruzeiro. Alisson lançou para Diogo Barbosa dentro da área. O lateral esquerdo tentou o cruzamento rasteiro, mas foi interceptado pelo goleiro Jean.

A última mudança na equipe estrelada foi a troca de Thiago Neves por Rafinha, aos 38 minutos da etapa final.

O time baiano tentou ampliar aos 41. Mendoza, em seu primeiro lance, chutou de perna canhota e a bola passou com perigo. Nos acréscimos, Fábio fez boa defesa em chute de Edigar Junio.

O Cruzeiro lutou, mas o placar terminou com vitória do adversário por 1 a 0.

BAHIA 1 X 0 CRUZEIRO
Motivo: 5ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 08/06/2017 (quinta-feira)
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador-BA
Árbitro: Wagner Nascimento Magalhães
Público: 18.917
Renda: R$ 435.380,50
Gol: Edigar Junio, aos 17 minutos do primeiro tempo
Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior, Juninho, Allione (Mendoza) e Vinícius (Gustavo Ferrareis); Zé Rafael (Feijão) e Edigar Junio. Técnico: Jorginho
Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Henrique, Léo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Ariel Cabral e Robinho (Elber); Thiago Neves (Rafinha), Alisson e Ramón Ábila (Murilo). Técnico: Mano Menezes
Cartões amarelos: Renê Júnior, Vinícius, Eduardo, Tiago (Bahia); Ezequiel, Ábila (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Henrique (Cruzeiro)

Fonte: Site Cruzeiro

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook