Channing Tatum fala sobre o filme do Gambit

Em entrevista para revista Empire, Channing Tatum (“O Destino de Júpiter”) fala do filme solo do Gambit e ressalta que a história contará sobre origem do  anti-herói.

“Josh Zetumer finalizou o primeiro versão do roteiro, e está de arrasar. Ninguém sabe como ele iria lidar com o universo dos X-Men, mas vamos mudar alguma coisa em relação aos filmes da franquia. É sempre sobre salvar o mundo (risos), mas com algumas coisas diferentes dessa vez. Há tantas maneiras de contar uma história de origem, podemos seguir a linha como em ‘Batman Begins’ ou ir numa direção diferente, como ‘Guardiões da Galáxia’. Tudo o que posso dizer é que eu estou super animado”, disse Tatum.

Demonstrando todo seu carinho pelo personagem o ator disse o que podemos esperar do longa:

“Eu amo o Gambit. Cresci no sul dos EUA, meu pai é da Louisiana. Viajávamos para Nova Orleans e tinha contato com todos os dialetos. Parecia tão diferente do resto do país; tem sua própria cultura. Eu me identifico com isso. E Gambit sempre me pareceu o mais real dos X-Men. Ele tem uma alma torturada e não é um cara bom, mas também não é um cara ruim. Ele faz seu próprio caminho. Sem contar que ele joga cartas, bebe e é ótimo nas artes marciais!”, finalizou.

Gambit possui habilidade de manipular a energia cinética, além de ser habilidoso em arremesso de cartas, luta corporal, e no uso de um cajado. Caracteristicas que caem muito bem para Tatum, pois pratica Kung Fu desde criança e ja demonstrou todas essas habilidades nos longas anteriores nos quais participou.

Comentários no Facebook