Presidente da Chapecoense recebe o troféu da Copa Sul-Americana (Foto: Jorge Adorno)

A emoção invadiu o evento CONMEBOL Copa do sorteio LIBERTADORES BRIDGESTONE, no momento da homenagem Associação Chapecoense de de Futebol e o troféu de campeão da Copa Sul-Americana seu presidente, Plínio David De Nes.

“É um momento de tristeza e alegria. Emoções invadem nossos corações “, começou a cabeça do Brasil club animado. “Hoje à noite eu gostaria de agradecer a todas as nações e quero permitam-me agradecer de uma forma muito especial em nome do nosso clube e as nossas autoridades e dividir o troféu com o clube que nos deu a possibilidade de obter, com a demonstração de amor e uma humanidade, o clube Nacional de Medellín “, continuou ele.

Os aplausos foram sentidos quando, a pedido de Plinio David De Nes, o representante do clube Atletico Nacional de Medellín, Daniel Jimenez Ochoa e um grande ato de humanidade que unidos para sempre para o povo da América do Sul, aumentou em conjunto para a Copa Sul-Americana, duas equipes, dois campeões.

Por sua vez, o presidente da CONMEBOL, Alejandro Dominguez, disse que o sindicato sentida no mundo do futebol após a tragédia e agradeceu ao povo da Colômbia para as manifestações. “Obrigado Colômbia, obrigado Nacional. Estes são os valores que estão no futebol.”

Homenagem aos jornalistas falecidos

Outro momento comovente vivido na noite do sorteio, foi uma homenagem aos jornalistas que morreram na tragédia, que foram um total de 21 pessoas, incluindo fotojornalistas e jornalistas.

As honras foram direcionados para aqueles que são muitas vezes “chorar objetivo de cada um de nós e que carregam a emoção dos jogos para nós”, Chermont (Fox Sports), Rodrigo Gonçalves (Fox Sports), Devair Paschoalon (Fox Sports) , Lilacio Júnior (Fox Sports), Paulo Clemente (Fox Sports), Mario Sergio P Paiva (Fox Sports), Guilher Marques (Globo), Ari Júnior (Globo), Guilherme Laars (Globo), Giovane Klein (RBS), Bruno Silva (RBS), Djalma Neto (RBS), Adré Podiacki (RBS), Laion Espíndula (Globoesporte), (Radio) Renan Agnolin, (Radio) Fernando Schardong, (Radio) Edson Ebeliny, (Radio) Gelson Galiotto, Douglas Dorneles (Radio ), Jacir Biavatti (Radio).

Prêmio Fair Play Centennial

Ramón Jesurum e Laureano Gonzalez, presidentes da Federação Colombiana de Futebol  e chefe da Federação de Futebol da Venezuela  e Vice-CONMEBOL, respectivamente entregaram Centennial Prêmio Fair Play Daniel Jimenez Ochoa, representando o clube nacional, gesto pedido para ser concedido o título de clube campeão brasileiro.

Comentários no Facebook