Foto: Bruno Cantini/Divulgação

Se o time titular do Atlético tem gerado desconfiança no torcedor, os reservas fizeram um bom papel diante do Santos na noite deste sábado e venceram por 1 a 0 no Estádio Independência, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado por Cazares, um dos personagens mais em voga no clube nas últimas semanas devido à cobrança da torcida para que ele seja titular.

O técnico Diego Aguirre optou por colocar os suplentes em campo para poupar a equipe principal para o jogo decisivo da próxima quarta-feira (18), diante do São Paulo, pela volta das quartas de final da Copa Libertadores. O Galo precisa vencer por dois gols de diferença para seguir no torneio, ou por 1 a 0 para levar a decisão para os pênaltis.

Até o goleiro Victor ficou fora, com Uilson entre os titulares, já que, após a lesão de Giovanni, passou a ser o reserva imediato no torneio continental. A novidade ficou por conta da estreia do meia Carlos Eduardo, que não jogava desde novembro, quando ainda defendia o Rubin Kazan, da Rússia. Suspensos da partida do meio de semana, os volantes Júnior Urso e Rafael Carioca sequer foram relacionados.

Mesmo com os reservas, a equipe atleticana demonstrou um bom futebol no primeiro tempo. Cazares, eleito o melhor em campo pela Itatiaia, marcou o gol alvinegro aos 14 minutos da etapa inicial. Já no segundo tempo, o time caiu de rendimento, mas ainda assim foi melhor que o Peixe.

O Galo volta a jogar pelo Brasileirão no domingo (22), às 11h, quando enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba. Já o Santos enfrenta o Coritiba na mesma data e horário, na Vila Belmiro.

O jogo

O primeiro tempo foi de domínio absoluto do Atlético, que procurou o gol desde o início. Aos dois minutos, Hyuri teve boa chance, mas mandou por cima. O Galo voltou a incomodar aos 13, em cabeçada perigosa de Thiago. No minuto seguinte, o equatoriano arriscou de fora da área e obrigou o goleiro Vanderlei a voar no ângulo direito e mandar para escanteio.

O Atlético seguiu na pressão e, ainda aos 14, o meia atleticano levou a melhor sobre o arqueiro santista. O zagueiro Gabriel, improvisado na lateral-direita, fez um lindo lançamento do campo defensivo, Cazares dominou, invadiu a área e bateu no alto do canto esquerdo fazendo 1 a 0 para o time alvinegro.

Mesmo no controle do jogo, o Galo só voltou a incomodar aos 44, em cabeçada de Clayton que raspou o poste canhoto do Peixe. Por outro lado, a equipe paulista em momento algum ameaçou o Atlético.

A equipe mineira seguiu melhor na etapa final, mas a partida caiu bruscamente de intensidade. O duelo passou a ser mais disputado no meio-campo, com os dois times pouco criativos. Tanto é que o primeiro lance de destaque foi aos 25 minutos, em chute de longe de Victor Ferraz, que Uilson não encaixou, mas se recuperou em seguida. O arqueiro atleticano voltou a trabalhar aos 37, novamente em chute de Ferraz.

Atlético x Santos

Atlético: Uilson; Gabriel, Tiago, Edcarlos e Carlos César; Eduardo, Lucas Cândido, Cazares e Carlos Eduardo (Pablo); Hyuri (Yago) e Clayton. Técnico: Diego Aguirre

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato (Maxi Rolón), Ronaldo Mendes (Matheus Nolasco) e Vitor Bueno; Paulinho (Serginho) e Gabriel. Técnico: Dorival Júnior

Gol: Cazares (14’/1ºT)

Cartões amarelos: Cazares, Carlos Eduardo (Atlético) David Braz, Gustavo Henrique (Santos)

Motivo: 1ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 14 de maio 2016, sábado, às 18h30

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)

Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

Público: 5.403 pagantes

Renda: R$ 87.565,00

FONTERadio Itatiaia
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook