Michael, que havia acabado de entrar, garantiu o triunfo Alviverde no Horto. Foto Túlio Kaizer

O América voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. E não foi uma vitória qualquer. Com um gol aos 45 minutos do segundo tempo, Michael, que havia acabado de entrar, completou de ombro o cruzamento de Jonas e marcou o único gol do triunfo sobre o Internacional, por 1 a 0, no Independência, em jogo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo não encheu os olhos de ninguém. Depois de um primeiro tempo bem morno, o América voltou melhor na etapa final. Sem sofrer com o adversário, o Coelho foi para cima na reta final do segundo tempo, criou boas chances e foi premiado com o gol do atacante Michael.

A vitória dá mais esperanças ao torcedor americano. Foi o primeiro passo que o Coelho deu em uma reação que precisa ser fantástica para a equipe não voltar à Série B. O América precisa de nove vitórias em 12 partidas para escapar da queda. O clube segue sonhando.

Com a vitória, o Coelho chegou aos 18 pontos, cinco a menos que o vice-lanterna Santa Cruz. Pela segunda vez no Campeonato Brasileiro, o América fica três jogos consecutivos sem ser derrotado. Já o Internacional permanece na 18ª posição, com 27 pontos.

O América tentará dar sequência à reabilitação no sábado, às 21h, contra o Botafogo, no Independência. Já o Internacional voltará ao estádio do Horto, domingo, às 18h30, contra o Atlético.

O jogo

Debaixo de chuva forte, América e Inter não fizeram um bom primeiro tempo no Independência. As duas equipes erraram muitos passes – 42 no total -, e o jogo foi bastante truncado no meio-campo. De fora da área, para aproveitar o gramado molhado, os dois times tentavam surpreender, mas sem levar perigo aos goleiros adversários.

Na reta final do primeiro tempo, o América começou a incomodar mais, principalmente pelas arrancadas em velocidade. As melhores chances foram criadas por Matheusinho, que entrou no lugar do lesionado Osman. Aos 39, ele recebeu passe, deixou Artur para trás e finalizou com muito perigo. No fim, Paulão travou o chute do jovem camisa 10 já dentro da área.

No segundo tempo, o América voltou melhor, pressionando em busca do gol. As jogadas em velocidade pelos lados eram as apostas do Coelho. Mas tudo sem sucesso. A partir dos 15 minutos, o Internacional cresceu e passou a pressionar. Em sobra de bola, Sasha obrigou Fernando Leal a fazer grande defesa.

Após o susto, o Coelho voltou a atacar. E quase chegou ao gol com Ernandes. Na primeira, cabeceou raspando à trave. Na segunda, carimbou o travessão. Depois, completou cruzamento de Jonas e a bola saiu sem direção. Na quarta, finalizou por cima.

O time alviverde pressionou até o fim e foi premiado aos 45 minutos do segundo tempo. Michael, que havia acabado de entrar, completou de ombro o cruzamento de Jonas e encobriu o goleiro Danilo Fernandes, garantindo o primeiro triunfo do Coelho no returno: 1 a 0

AMÉRICA 1 X 0 INTERNACIONAL

AMÉRICA Fernando Leal; Jonas, Roger, Éder Lima e Gilson (Bruno Teles); Leandro Guerreiro, Juninho, Ernandes e Danilo (Michael); Osman (Matheusinho) e Nixon Técnico: Enderson Moreira

INTERNACIONAL Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Artur; Anselmo (Seijas), Rodrigo Dourado, Fabinho e Valdívia (Ceará); Eduardo Sasha (Nico López) e Aylon Técnico: Celso Roth

Gol: Michael, aos 45 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Michael (AME); Anselmo (INT)

Motivo: 26ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estádio: Independência – Belo Horizonte

Data e hora: segunda-feira, 19 de setembro, às 20h

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Luiz Santos Renesto (PR)

FONTESuperesportes
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook