Créditos: Marcos Ribolli

Pacaembu cheio, em preto e vermelho – maioria do estádio – e também verde, branco e grená. O cenário para um Fla-Flu na capital paulista era dos melhores, com torcida mista, céu azul e a rivalidade sadia do clássico carioca. Mas as duas torcidas e os paulistas mereciam melhor jogo. Como em 1942, faltou bola na rede – e muita inspiração.

As melhores chances foram em bola parada. Na tabela, menos mal para o Rubro-Negro, que fica em terceiro na Taça Guanabara, com quatro pontos. O Flu, com dois clássicos e dois empates, tem dois pontos e é o sexto.

Os dois times só voltam a campo pelo Carioca no fim de semana que vem. Antes, jogam pela semifinal na Primeira Liga – na quarta-feira.

O Rubro-Negro pega o Atlético-PR em Juiz de Fora, às 21h30, no estádio Mario Helenio, enquanto o Tricolor enfrenta o Internacional, às 19h15, no Mané Garrincha, em Brasília.

No estadual, sábado, o Fla enfrenta o Volta Redonda, às 18h30, na Cidade do Aço. O Flu joga contra o Boavista, no domingo, às 18h30, em Los Larios.

COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook