Washington Alves

No próximo domingo, o treinador Deivid fará seu primeiro clássico como treinador contra o Atlético-MG. Será a 13ª partida do comandante celeste à frente da equipe. Até agora, Deivid acumula oito vitórias, três empate e apenas uma derrota. O Cruzeiro já está classificado para a fase final da competição, porém o treinador reconhece que o jogo é um campeonato a parte e que o time vai entrar ligado em busca dos três pontos para tentar confirmar a primeira colocação e sair com a vantagem nas finais.

“Clássico é diferente, já joguei muitos. Você pode ser vilão ou herói. Obom resultado é a vitória, são os trêspontos. É o que vamos em busca, temos totais condições de fazer uma boa partida e conseguira vitória. Temos que entrar concentrados para não vacilar e depois ter que correr atrás. Tem que entrar ligado do começo ao fim pra sair de lá com os trêspontos”, declarou.

Deivid ainda não definiu os substitutos de Alisson e Arrascaeta que estão fora por estarem à serviço de suas seleções. O treinador, que está realizando algumas mudanças na equipe, conhece as boas opções que possui no elenco e citou a qualidade dos comandados. “Estamos fazendo alguns ajustes. Tentando colocar a melhor escalação. Estou vendo ali uma troca, uma ou outra pra gente não sair muito daquilo que nós ganhamos durante as últimas semanas. Então estou ajustando pra fazer uma grande partida domingo”, falou o comandante.

“O Sánchez Miño jogou no lado esquerdo e pelo meio também. O próprio Alex entrou muito bem, Pisano também entrou bem. O Rafael e o Coutinho têm características diferentes, então estou tentando achar a melhor solução para que a gente possa entrar bem armado domingo e tentar sair de lá com os três pontos” completou sobre os possíveis substitutos.

Diante das muitas possibilidades no elenco cruzeirense, Deivid afirma que o time esteja praticamente montado, podendo mudar uma ou outra peça. O treinador pretende, no treino desta sexta, corrigir alguns erros apresentados na última partida e diminuir o espaço do adversário dentro de campo.

“Acredito que 70% do time já esteja pronto. Vou trabalhar mais um pouquinho de tático para gente ficar mais protegido. Não como foi contra o Villa, demos muito espaço, com muitos buracos e demoramos a diminuir a marcação. Isso causou danos. Estou ajustando algumas coisas para domingo estar bem protegido”, finalizou.

FONTESite Oficial do Cruzeiro
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook