MG - BRASILEIRÃO/CRUZEIRO E AMÉRICA MG - ESPORTES - Lance durante a partida entre Cruzeiro MG e América MG, válida pela Série A do Campeonato Brasileiro 2016, no Estádio Mineirão em Belo Horizonte (MG), neste sábado (28). 28/05/2016 - Foto: CRISTIANE MATTOS

Cruzeiro e América seguem sem saber o que é vitória neste Campeonato Brasileiro. Em clássico pouco empolgante na tarde deste sábado, no Mineirão, as duas equipes empataram por 1 a 1 pela 4ª rodada do Nacional e continuam na zona de rebaixamento.

Para a partida, o técnico Paulo Bento promoveu duas mudanças no time celeste. O zagueiro Bruno Rodrigo perdeu a posição para Léo e, na lateral-direita, Lucas foi poupado, com desgaste muscular, e Federico Gino foi para o jogo.

O Coelho abriu o placar aos 29 minutos do primeiro tempo, com Victor Rangel. Na etapa final, a Raposa empatou, após muito pressionar, aos 36, com Arrascaeta. Com a igualdade, o time alviverde segue invicto nos clássicos nesta temporada.

O resultado fez com que equipe azul subisse para a 18ª posição, com dois pontos. A mesma pontuação tem o América, 17º, que leva a melhor no saldo de gols. O próximo compromisso do Cruzeiro é diante do Botafogo, nesta quarta-feira (1), às 21h45, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Já a equipe alviverde enfrenta a Ponte Preta na quinta (2), às 19h30, no Estádio Independência.

O jogo

A partida começou morna, com as duas equipes com dificuldade de criação. O primeiro lance de certo perigo foi aos 10 minutos, em chute de Sánchez Miño por cima. A resposta do América foi imediata e Danilo arriscou para boa defesa de Fábio.

A Raposa teve uma boa oportunidade aos 16, quando Arrascaeta ficou cara a cara com João Ricardo, mas, com pouco ângulo, tirou do goleiro e a bola ficou viva na área, mas a defesa alviverde cortou. Sem empolgar, o time celeste conseguiu novamente chegar ao ataque em um chute de Willian que o goleiro americano espalmou sem muito problema.

Apesar de também não fazer um grande jogo, o Coelho conseguiu abrir o placar aos 29 minutos, com Victor Rangel. Hélder lançou para a área, Artur errou o domínio e a bola sobrou para o centroavante chutar firme no canto esquerdo de Fábio. O América contou com o goleiro João Ricardo para ir para o vestiário vencendo, já que, aos 44, uma bola sobrou na área para Willian e o arqueiro fez ótima defesa após finalização do atacante azul.

Segundo tempo

Na busca de inverter a situação, o técnico Paulo Bento tirou o lateral-direito Gino e colocou o centroavante Douglas Coutinho, com Bruno Ramires passando a ocupar a ala. Por volta dos 12 minutos, o Cruzeiro pressionou o América, mas não obteve sucesso. O treinador português colocou o time ainda mais ofensivo ao promover a estreia do meia Robinho no lugar de Ariel Cabral.

Aos 19 minutos, Arrascaeta obrigou João Ricardo a trabalhar, mas era apenas um esboço de reação. A equipe celeste seguiu melhor, atacando mais, porém, sem efetividade. Com o ataque sem conseguir marcar, Paulo Bento tirou Willian e colocou Riascos, que reestrou com a camisa azul. Do outro lado, Givanildo se conteve: ao tirar o lateral-direito Hélder, colocou o zagueiro Roger.

De tanto insistir, o Cruzeiro chegou ao empate. Aos 36 minutos, Robinho fez ótimo lançamento para Arrascaeta que, dentro da área, pegou de primeira, sem olhar para o gol, e mandou no canto direito baixo de João Ricardo deixando tudo igual.

Na reta final da partida, os técnicos Givanildo Oliveira e Paulo Bento foram expulsos após discutirem.

Cruzeiro x América

Cruzeiro: Fábio; Gino (Douglas Coutinho), Léo, Bruno Viana e Sánchez Miño; Bruno Ramires, Henrique e Ariel Cabral (Robinho); Arrascaeta, Élber e Willian (Riascos). Técnico: Paulo Bento

América: João Ricardo; Hélder (Roger), Artur, Sueliton e Xavier; Leandro Guerreiro, Claudinei, Danilo, Rafael Bastos; Tiago Luís (Juninho) e Victor Rangel (Bruno Sávio). Técnico: Givanildo Oliveira

Cartão amarelo: Douglas Coutinho (Cruzeiro) Leandro Guerreiro (América)

Gols: Victor Rangel (29’/1ºT) e Arrascaeta (36’/2ºT)

Motivo: 4ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 28 de maio 2016, sábado, às 16h

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Auxiliares: Celso Luiz da Silva (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

Público: 11.266 pagantes

Renda: R$ 263.582,00

FONTERadio Itatiaia
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook