Fotos: Yuri Edmundo

Noite azul no Mineirão. Buscando confirmar uma nova ascensão na tabela, o Cruzeiro fez o dever de casa, jogou bem e venceu a Ponte Preta por 2 a 0. Os gols, um em cada tempo, foram marcados por Ramón Ábila e Robinho.

Com a vitória, a equipe celeste subiu cinco posições e agora ocupa a 12ª colocação no Campeonato Brasileiro, com 36 pontos. Agora, o Maior de Minas se prepara para o confronto contra o Palmeiras, na quinta-feira, em Araraquara, interior de São Paulo.

O jogo

Após um início de jogo em que as duas equipes se estudaram bastante, o Cruzeiro abriu o placar em sua primeira jogada perigosa, aos 11 minutos. Rafael Sóbis fez grande jogada pela direita, bateu dois marcadores e cruzou na medida para Ramón Ábila. O artilheiro da camisa 50 dominou no peito e fuzilou Aranha, em belo chute com a perna esquerda. Cruzeiro 1 a 0.

Aos 16, outro bom ataque celeste. Ábila avançou pela esquerda e rolou para Robinho. Na entrada da área, o camisa 19 dominou tirando a marcação e chutou para defesa de Aranha.

A resposta adversária veio aos 24 minutos. William Pottker fez boa jogada e arriscou chute rasteiro, cruzado. A bola passou a centímetros da meta de Rafael.

O Maior de Minas voltou ao ataque aos 36. Em cobrança de falta pela direita, Robinho levantou a bola na área. Léo subiu mais que a defesa adversária, mas cabeceou por cima do gol.

Três minutos depois, Sóbis fez outra boa jogada. O atacante celeste arrancou pelo meio, passou por Fábio Ferreira e chutou forte, de perna esquerda, exigindo boa defesa de Aranha.

Aos 43, Henrique e Ezequiel armaram boa trama pela direita. O lateral-direito celeste enganou a marcação e rolou para Romero. O argentino apareceu na entrada da área e chutou forte, mas sem direção. Foi o último lance de perigo na etapa inicial.

Segundo tempo

Logo no primeiro minuto da etapa complementar, a equipe celeste partiu para cima. Ezequiel fez belo cruzamento para Rafael Sóbis. O camisa 7 escorou de cabeça, no canto direito, exigindo grande defesa do goleiro Aranha.

Aos 9, Robinho lançou Ramón Ábila. Aranha saiu da área e interceptou com o pé. No rebote, da intermediária, Rafinha emendou chute de primeira, que passou com perigo, à direita do gol defendido pela equipe campineira.

Uma das grandes figuras em campo, Sóbis foi substituído aos 20 minutos pelo garoto Elber. No minuto seguinte, Lucas Romero roubou a bola no meio de campo, avançou e chutou com perigo pela linha de fundo.

Em seguida, Elber fez sua primeira jogada de destaque. O camisa 23 recebeu bom passe de Robinho na direita, limpou a zaga e chutou de esquerda. A bola passou próxima ao travessão de Aranha. Bastante aplaudido, Ábila deu lugar a Willian aos 32 minutos.

Aos 35, o segundo gol do Maior de Minas. Lucas Romero roubou a bola na esquerda e acionou Rafinha. O Camisa 70 dominou e rolou para Robinho. Na entrada da área, o meia esbanjou categoria e chutou rasteiro, sem chances para Aranha. Com o 2 a 0 no placar, Mano Menezes promoveu a última mexida na equipe, colocando Alisson no posto de Rafinha.

Após abrir boa vantagem, a equipe celeste administrou o resultado e confirmou mais uma vitória importante, que valeu ao Time Estrelado cinco posições na tabela de classificação.

CRUZEIRO 2 x 0 PONTE PRETA
Motivo: 29ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 08/10/2016 (sábado)
Local: Mineirão
Público: 17.910
Renda: R$ 417.383,00
Árbitro: Anderson Daronco-RS (FIFA)
Gols: Ramón Ábila, aos 11 minutos do primeiro tempo, e Robinho, aos 35 minutos do segundo tempo
Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Léo, Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Lucas Romero e Robinho; Rafinha (Alisson), Rafael Sóbis (Elber) e Ramón Ábila (Willian). Técnico: Mano Menezes
Ponte Preta: Aranha; Nino Paraíba, Antonio Carlos, Fábio Ferreira e Reinaldo; Elton, Wendel (Rhayner) e Maycon (Thiago Galhardo); Felipe Azevedo (Zé Roberto), William Pottker e Roger. Técnico: Eduardo Baptista
Cartões amarelos: Rafael Sóbis, Edimar (Cruzeiro); Elton, Thiago Galhardo (Ponte Preta)

FONTESite do Cruzeiro
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook