Cruzeiro se empenha, pressiona, mas não evita a derrota em São Paulo

Fotos: Marcelo Zambrana / Cruzeiro

Em um jogo bastante disputado na noite desta quarta-feira, em São Paulo, o Cruzeiro lutou bastante, criou diversas chances, mas não conseguiu evitar a derrota por 1 a 0 diante do Corinthians, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O gol do time da casa foi marcado por Balbuena, aos 42 minutos do primeiro tempo, aproveitando uma cobrança de escanteio.

Especialmente na segunda etapa, o Maior de Minas pressionou o adversário, mas parou no forte bloqueio da defesa adversária.

Agora, a Raposa volta suas atenções para a partida contra o Grêmio, que será disputada na segunda-feira, 19 de junho, no estádio Mineirão, em mais um duelo do Brasileirão.

O jogo

Depois de um início de jogo bastante estudado pelas duas equipes e concentrado no meio de campo, a primeira chance aconteceu somente aos 20 minutos, e foi celeste! Thiago Neves fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Ariel Cabral. O argentino desviou de cabeça e a bola passou a centímetros do gol defendido por Cássio.

A resposta do time da casa veio três minutos depois. Guilherme Arana tentou o cruzamento e a bola tomou a direção da meta celeste. Atento, Fábio espalmou para escanteio.

O time da casa abriu o placar aos 42 minutos. Após cobrança de escanteio, Balbuena escorou de cabeça, no canto esquerdo de Fábio. O gol foi o último lance agudo da etapa inicial.

Segundo tempo

O Cruzeiro voltou a campo com uma alteração. Alisson entrou na equipe no lugar do capitão Henrique.

E foi do camisa 11 a primeira grande oportunidade da etapa complementar. Alisson driblou Paulo Roberto e chutou forte. O arremate passou próximo ao ângulo esquerdo do gol defendido por Cássio.

Aos 6 minutos, nova chance estrelada. Após cobrança de escanteio, Murilo desviou e Ábila chutou por cima do gol.

Pressionando o adversário, a Raposa teve uma nova chegada aos 10. Ezequiel alçou a bola na área para Ariel Cabral, que desviou de cabeça, para fora.

O time da casa deu a resposta aos 12. Em cobrança de escanteio, Pablo desviou com perigo e Fábio fez grande defesa. No minuto seguinte, praticamente uma reprise. Pablo cabeceou novamente e o camisa 1 fez novo milagre.

No contra-ataque, Rafinha cruzou para Thiago Neves, que fez um esforço muito grande, mas não conseguiu um chute preciso.

Aos 25 minutos, Rafael Sóbis entrou na vaga de Rafinha. E foi o camisa 7 quem iniciou mais uma jogada de perigo, aos 34. Ezequiel cruzou para a área, Alisson chutou com perigo, mas foi interceptado pela zaga.

Buscando deixar a equipe ainda mais ofensiva, Mano Menezes fez a última substituição no time colocando Rafael Marques no lugar de Thiago Neves, aos 39 minutos.

O Cruzeiro continuou em cima e quase chegou ao empate aos 43. Alisson rolou para Diogo Barbosa, que chutou forte, rasteiro, mas defendido com segurança por Cássio.

Aos 47, Rafael Sóbis fez grande jogada pela esquerda, limpou a marcação e chutou com precisão. Cássio fez um milagre e evitou o empate celeste, decretando a vitória do time da casa por 1 a 0.

CORINTHIANS 1 X 0 CRUZEIRO
Motivo: 7ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 14/06/2017 (quarta-feira)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo-SP
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden-RS
Público: 30.465
Renda: R$ 1.462.405,40
Gol: Balbuena, aos 42 minutos do 1º tempo
Corinthians: Cássio; Paulo Roberto, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Marquinhos Gabriel (Clayson) e Jadson (Giovanni Augusto); Ángel Romero (Camacho) e Jô. Técnico: Fábio Carille
Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique (Alisson), Lucas Romero e Ariel Cabral; Rafinha (Rafael Sóbis), Thiago Neves (Rafael Marques) e Ramón Ábila. Técnico: Mano Menezes
Cartão amarelo: Henrique (Cruzeiro)

 Site Oficial do Cruzeiro 

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook