Cruzeiro volta ao G4 da Série A do Brasileiro depois de 903 dias.

Cruzeiro integrou grupo dos quatro primeiros colocados do Brasileirão pela última vez em 2014

A vitória do Cruzeiro sobre o Santos nesse domingo, por 1 a 0, deu ao clube mais do que os três pontos e a vice-liderança do Campeonato Brasileiro de 2017. Depois de dois anos e 148 dias, a Raposa voltou ao grupo dos quatro melhores colocados da competição nacional. A última vez em que esteve no seleto grupo foi na rodada final do torneio de 2014, em 7/12, quando também se sagrou tetracampeão.

Nesta temporada, o time de Mano Menezes ainda não foi derrotada. São duas vitórias – sobre o São Paulo, na primeira rodada –, por 1 a 0, no Mineirão, e nesse domingo, pelo mesmo placar, mas diante do Santos, na Vila Belmiro – e um empate por 1 a 1 com o Sport, na Ilha do Retiro, em duelo pela segunda rodada. O clube venceu sete dos nove pontos que disputou e tem 77,8% de aproveitamento.

Em 2015, ainda sob o comando do bicampeão Marcelo Oliveira, o Cruzeiro teve início de temporada irregular. Depois de quatro primeiros jogos sem vitórias na Série A e eliminação traumática na Libertadores, o treinador acabou demitido. A chegada de Vanderlei Luxemburgo ainda deu alguma esperança ao torcedor com três triunfos seguidos sobre Flamengo, Atlético e Vasco. Contudo, o clube voltou para o caminho das derrotas e só se recuperou com a chegada de Mano Menezes, em setembro. Nada, porém, que colocasse o clube entre os melhores do país. A melhor posição na competição foi um 8º lugar, posição em que o clube terminou o torneio.

Na temporada seguinte, a história se repetiu. Sem Mano Menezes, que aceitou proposta milionária da China, o Cruzeiro iniciou o ano apostando em Deivid. Diante da campanha apagada no Estadual, o treinador acabou nem chegado ao Brasileirão. Com dificuldade de encontrar opções no mercado, a diretoria celeste precisou apostar no português Paulo Bento, ex-técnico da Seleção Portuguesa. A convicção durou da 2ª até a 16ª rodada –  – a melhor colocação nesse período foi a 12ª posição. Mais um trabalho para Mano Menezes. O gaúcho reassumiu o time na 18ª rodada –  e terminou o Brasileirão na 12º posição, longe de conseguir alcançar uma vaga no G4.

Apesar de resultados finais abaixo da crítica nas duas últimas edições da Série A, o Cruzeiro teve returnos eficientes com Mano Menezes. Em 2015, o treinador ficou com a quarta colocação, atrás somente do campeão Corinthians. Somou 33 pontos, em nove vitórias – 29 gols pró e 11 de saldo. Assim como na última temporada, quando a Raposa terminou entre os quatro primeiros colocados se considerado apenas o segundo turno do Brasileirão.

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook