Dia Internacional dos Direitos Humanos terá programação em Valadares

10 de dezembro é o Dia Internacional dos Direitos Humanos. A data foi instituída em 1950, dois anos após a Organização das Nações Unidas (ONU) adotar a Declaração Universal do Direitos Humanos como marco legal regulador das relações entre governos e pessoas. Com esse ato, mais do que celebrar, a ONU visava destacar o longo caminho a ser percorrido na efetivação dos preceitos da declaração.

Nos trinta artigos do documento estão descritos os direitos básicos que garantem uma vida digna para todos os habitantes do mundo (liberdade, educação, saúde, cultura, informação, alimentação e moradia adequadas, respeito, não-discriminação, entre outros).

A declaração é, nesse sentido, um marco normativo que serve de guia para as condutas de governos e cidadãos. Seus princípios inspiraram e estão amplamente disseminados no arcabouço legal dos mais diversos países, assim como nos inúmeros tratados internacionais que versam sobre o tema.

O Dia Internacional dos Direitos Humanos constitui, portanto, muito mais do que uma data comemorativa. É um dia para a coletividade global relembrar que a garantia efetiva dos direitos humanos – a todos os povos e nações – requer vigilância contínua e participação coletiva. Uma data para reivindicarmos ações concretas de todos os Estados para o cumprimento dos compromissos assumidos com a garantia dos direitos civis, políticos, sociais e ambientais.

Neste sábado dia 10, a Praça dos Pioneiros em Governador Valadares receberá uma mobilização para marcar o Dia Internacional dos Direitos Humanos. Das 9h às 12h, programações culturais e atividades de serviço e informações na área dos Direitos Humanos estarão acontecendo, simultaneamente. Ao todo 25 entidades, instituições e órgãos governamentais parceiros estarão responsáveis pelo atendimento ao público. A Banda de Música do 6º Batalhão da Polícia Militar também participará na abertura do ato. A mobilização é promovida pelo Conselho Municipal de Promoção e Defesa dos Direitos  Humanos (CMPDDH).

Programação: 

 9h- Abertura oficial – Presidente do Conselho: Ageu José Pinto

 9h15- Apresentação da Banda do 6º Batalhão/PMMG

 9h50 – Apresentação das entidades presentes e trabalhos desenvolvidos

 10h – Apresentação Cultural Alunos da Escola Estadual Sagrada Família

 10h30 – Apresentação Cultural do Centro de Prevenção à Criminalidade do Turmalina (Capoeira)

 11h – Apresentação Cultural Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

11h30 – Apresentação Cultural do Projeto Lutando pela Paz- 8ª RPM e 43º Batalhão.

12h – Encerramento

 Órgãos e instituições/entidades parceiras

 1.    Secretária Municipal de Assistência social (SMAS)

2.    Secretaria Municipal de Educação (SMED)

3.    Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer (SMCEL)

4.    Secretaria Municipal de Comunicação e Mobilização Social (SECOM)

5.    Secretaria Municipal de Desenvolvimento (SMDE)

6.    Polícia Militar de minas Gerais (PMMG)

7.    Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG)

8.    Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social ( SEDESE)

9.    Coordenadoria de Apoio e Assistência ao Deficiente (CAAD)

10. Coordenadoria da Mulher

11. Conselho Municipal de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos

12. Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD)

13. Conselho Municipal da Mulher (CMDM)

14. UNIVALE

15. Pitágoras

16. Associação de Moradores do Bairro Nossa Senhora da Penha

17. Banda do 6o Batalhão/PMMG

18. CEAPA

19. PRESP

20. Associação das Irmãs de Caridade (SINCRUZ)

21. Cidade dos Meninos

22. Creche Amor e Perseverança

23. CREAS POP

24. Creche Pequeno Cidadão

25. Escola Estadual Sagrada Família (13ª Superintendência Regional de Ensino)

COMPARTILHAR
Pedro Santos
23 anos, Jampruquense, gestor de mídias na Laranjex Web Mídia, escrevo o que acontece na região leste de Minas Gerais e falo muito sobre Cultura.

Comentários no Facebook