BELO HORIZONTE / BRASIL - 20.05.2016 - Treino do Cruzeiro na Toca ll em BH. © Washington Alves/Cruzeiro

Após dois jogos, o Cruzeiro ainda não venceu neste Campeonato Brasileiro e terá que buscar os três pontos diante de um adversário difícil. Nesta quarta-feira, a equipe celeste encara o Santa Cruz, às 21h45, no Estádio do Arruda, no Recife, onde não sabe o que é ganhar do time coral desde 1975.

Mas ao longo destes 41 anos aconteceram somente seis duelos, com três empates e três derrotas. A última vez em que Cruzeiro e Santa Cruz se encontraram traz lembranças ainda mais amargas para a Raposa: derrota por goleada de 4 a 1, pelo Campeonato Brasileiro de 2006.

Na 16ª colocação, com um ponto, o Cruzeiro terá pela frente o líder do campeonato, com quatro pontos e três gols de saldo. Além disso, o time pernambucano conta com o experiente atacante Grafite, artilheiro do Brasileirão com quatro gols.

“Acho que o Santa Cruz tem uma boa equipe, tanto que hoje lidera a competição, mesmo sabendo que é apenas o início. Temos que confiar no nosso trabalho, no trabalho do nosso treinador então vamos tratar de fazer o melhor e vencer a partida”, declarou o meia Arrascaeta.

Como tem feito desde que assumiu o Cruzeiro, o técnico Paulo Bento fechou a maior parte do treino desta terça-feira, no CT do Sport, e não revelou o time que começará a partida. Na segunda, ainda na Toca da Raposa II, o comandante português repetiu a escalação que empatou com o Figueirense, na última rodada.

A tendência, no entanto, é que a equipe tenha mudanças, já que o treinador terá de volta o lateral-direito Lucas e o volante Lucas Romero, que cumpriram suspensão. Ambos serão julgados nesta quarta-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela expulsão contra o Coritiba, na primeira rodada, mas, mesmo que sejam punidos, estarão liberados para jogar, pois o gancho só passa a valer 24 horas após o julgamento.

O meia Robinho, que se recuperou de edema na coxa direita e voltou a trabalhar com bola, ficou na capital mineira.

Autor do gol do empate contra o Figueirense, o atacante Douglas Coutinho espera ganhar uma chance na equipe. “Se tiver a oportunidade de entrar, vou dar o meu máximo para ajudar o Cruzeiro a conquistar a primeira vitória na competição”, afirmou.

Campeão pernambucano e da Copa do Nordeste, o Santa Cruz ainda está há 16 jogos sem perder na temporada, a maior invencibilidade entre os clubes da Série A do Brasileirão empatado com o Internacional.

A última derrota da equipe pernambucana aconteceu há dois meses, no dia 23 de março, para o Bahia, pela Copa do Nordeste, quando o atual técnico Milton Mendes nem tinha assumido o comando da equipe. Desde então, são nove vitórias e sete empates.

Para encarar o Cruzeiro, o treinador do Santinha já definiu a equipe. Ele irá repetir a escalação do empate com o Fluminense, no Rio de Janeiro, e promoverá apenas uma mudança. Com dores no joelho direito, o volante Wellington Cézar está vetado. Assim, o equatoriano Alex Bolaño fará a estreia pelo clube pernambucano.

Santa Cruz x Cruzeiro

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Léo Moura, Danny Morais, Neris e Tiago Costa; Alex Bolaño e Uillian Correia; Arthur, Fernando Gabriel e Keno; Grafite. Técnico: Milton Mendes

Cruzeiro: Fábio; Lucas (Gino), Bruno Viana, Bruno Rodrigo e Sanchez Miño (Bryan); Lucas Romero, Henrique, Pisano e Arrascaeta; Élber e Willian. Técnico: Paulo Bento

Motivo: 3ª rodada do Campeonato Brasileiro

Data: 25 de maio 2016, quarta-feira, às 21h45

Local: Estádio do Arruda, no Recife (PE)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

FONTERadio Itatiaia
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook