Alem de fotos, também foi registrada conversas telefônicas entre funcionários da prefeitura e a denunciante que recebeu o cheque.

Um caso de compra de votos foi registrado na cidade de Galiléia, próximo a Governador Valadares (MG), o fato foi registrado na noite de ontem (28).

A história

De acordo com a denunciante, dias atrás,  a mesma foi até a Prefeitura Municipal de Galiléia, a fim de verificar se ele conseguiria ajuda através do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social).Conforme relato da denunciante, a tal ajuda, seria para que fosse quitada suas duas faturas, sendo uma de água e outra de energia, totalizando o valor de R$223,39; que caso recebesse essa ajudada de algum candidato, iria votar nele. A mesma procurou o funcionário responsável pelo CRAS mais ele não foi encontrado no momento. Ela então entrou em contato via telefone com o funcionário que orientou para a mesma voltar na prefeitura na parte da tarde daquele dia, pois o atual prefeito do município estaria no momento, e ela poderia conversar com ele sobre o caso.

Ela retornou na prefeitura na hora marcada mais não encontrou o funcionário ou prefeito, ela então retornou o contato com ele via telefone e o mesmo disse que já estava resolvendo o caso, ela então retrucou e disse: “”COMO QUE VOCÊ ESTA RESOLVENDO SE OS PAPEIS ESTÃO AQUI COMIGO”, ele pediu a mesma para retornar novamente a prefeitura no outro dia, porem ela não foi.

Dias apos compareceram em sua residência o filho do atual prefeito, juntamente com outra pessoa, os quais disseram que estaria ali para saber qual a dificuldade ela estaria passando, tendo ela dito que precisava quitar duas faturas e que precisava receber uma cesta básica. O filho do prefeito então teria lhe dito que com relação a cesta básica, ela teria que procurar o CRAS, tendo ela dito que já tinha feito isto naquela data, onde ele respondeu que esse problema então já estaria resolvido e ai começaram a discutir sobre as tais faturas. O filho do prefeito então teria lhe dito que caso eles pagassem a conta, ela iria votar em quem? Momento em que ela afirmou que se as contas fossem quitadas por eles, ela iria votar no candidato da coligação “Frente todos unidos por Galiléia”, candidato este indicado e apoiado pelo atual prefeito do município.

O filho do atual prefeito passou a falar da campanha para ela, tendo prometido inclusive, que se “eleitos”, um emprego na prefeitura estaria lhe garantido. Antes de ir embora, ele ainda pediu para a mesma para comparecer novamente no CRAS, pedindo para levar todos os seus documentos e procurar uma funcionaria, a qual ficaria responsável para dar prosseguimento nos tramites para a quitação dos débitos. Que conforme orientada compareceu no CRAS e repassou para a Srª Fernanda copia dos seus documentos, depois de todos os trâmites a funcionaria pediu para que aguardasse a visita de uma assistente social, tendo executado seu trabalho de praxe e pedindo para que assinasse um requerimento de assistência a cesta básica e outro requerimento para assistência na quitação das faturas de água e energia. Após esta visita ela entrou em contato com o rapaz em que estiveram dias atrás juntamente com o filho do prefeito em sua residência, e lhe avisou que já tinha recebido a visita da assistente social, ele afirmou que o problema dela seria resolvido. Na data de ontem (28/09), ele compareceu em sua residência e lhe entregou um cheque no valor de R$223,00 em nome da prefeitura municipal de Galiléia.

Descoberta da compra de votos

A denunciante questionou o suspeito sobre como iria receber o cheque, orientada pelo rapaz que junto com o filho do prefeito no dia do acordo, ela foi a uma farmácia da cidade para tentar trocar o cheque, porem o local já não estava mais aceitando, a mesma foi a uma casa lotérica e tentou pagar as contas com o cheque ou tentar depositar em sem nome, o que também foi recusado. Ela então ligou para outra mulher que após saber do caso a convenceu de fazer a denúncias.

Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso foi encaminhado para o Ministério Publico de Galiléia, até o momento não obtivemos resposta da assessoria de comunicação da coligação “Frente todos unidos por Galiléia”, a denúncia agora será investigada.

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook