Governador Valadares: Justiça proíbe realização da vaquejada

A 48ª edição da Vaquejada de Governador Valadares, que começaria nessa quinta-feira (15), foi cancelada após uma liminar expedida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). Segundo a organização, a liminar foi pedida pelo Ministério Público de Minas Gerais e apesar do cancelamento, os shows gratuitos do evento serão mantidos.

Ainda de acordo com os organizadores, a expectativa era de que o evento movimentasse cerca de R$ 1 milhão na cidade, gerando cerca de 800 empregos diretos. Ao todo, 900 competidores participariam da disputa pelo prêmio de até R$ 100 mil, destes, 816 competidores são de outros estados do Brasil, como Alagoas, Ceará, Bahia e Sergipe. A estrutura será desmontada nesta sexta-feira (16) e a organização informou que não vai recorrer da decisão da Justiça.

Vaqueiros que participariam do evento protestaram contra a suspensão da vaquejada e interditaram a BR-116, em Valadares, na noite dessa quinta-feira (15). A interdição foi no trecho da rodovia que passa ao lado do Parque de Exposições. A manifestação, segundo a Polícia Rodoviária Federal, durou cerca de duas horas, e o trânsito no local foi liberado em seguida.

Fonte: G1

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook