Homem é assassinado no bairro São Pedro e suspeito é detido com drogas

Um homem de 29 anos foi assassinado em Governador Valadares (MG), o crime aconteceu no bairro São Pedro na tarde desta terça-feira (26).

De acordo com informações de testemunhas, dois indivíduos chegaram em uma motocicleta de cor não identificada desceram e sacaram uma arma, a vitima juntamente com outras testemunhas que estavam na porta da mercearia correram para dentro do estabelecimento e saíram numa porta pelos fundos, acessando a casa ao lado da mercearia, a vítima entrou dentro da residencia sendo seguido pelo autor que antes de efetuar os disparos gritou: “cagueta nos não des***ça”. A vítima foi atingida por três disparos e morreu no local.

Drogas na casa do suspeito

Ainda na noite do homicídio, a Polícia Militar recebeu informações de uma pessoa moradora do bairro Conjunto Sir teria participação no crime, de imediato a PM deslocou uma viatura até a casa do suspeito que ao avistar a guarnição entrou para dentro de sua residencia e trancou o portão, a PM chamou o suspeito que logo depois de um tempo autorizou a entrada da equipe, na local 4 pessoas foram revistadas e a casa foi vistoriada, sendo encontrado de baixo de um tambor plastico uma bucha de maconha e uma quantia em dinheiro, prosseguindo as buscas ainda foi localizado debaixo de um tapete mais uma certa quantia em dinheiro, no total foi encontrado o valor de R$ 1500,00 e ainda duas armas de pressão. O suspeito então assumiu ser dono do dinheiro e das armas, um outro homem que estava dentro da casa assumiu ser dono da droga e afirmou que ele ia consumir naquele momento.

As duas pessoas foram presas e encaminhadas para a Delegacia de Polícia da cidade, as testemunhas do homicídio disseram que não tinha condições de identificar o suspeito, a droga, armas e dinheiro encontrados foi apreendido.

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook