Legislação dificulta punição a ataques em caixas eletrônicos

O número de explosões a caixas eletrônicos no Estado nos últimos anos foi um dos pontos debatidos em audiência da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta terça-feira (02), segundo a Polícia Militar o número de casos no Estado aumentou 22% entre 2015 e 2016.

Em 2015, foi relatado registrados 193 ataques a caixas eletrônicos, dos quais 173 foram de explosões consumadas. Em 2016, foram 237 casos registrados, com a explosão de 210 terminais, também foi discutido o levantamento realizado pela emissora EPTV, afiliada da Rede Globo, o qual apontou que 94 das 161 cidades do Sul de Minas foram alvo de ataques a agências bancárias nos últimos cinco anos, o que representa um percentual de 58,4% da região.

O superintendente de Investigações e Polícia Judiciária, Márcio Rodrigues, afirmou que um dos aspectos que dificulta o combate desse crime é a legislação ultrapassada sobre o tema. “Muitos criminosos presos são soltos em virtude da legislação branda para esse tipo de crime”, disse.

FONTEALMG/Secom
COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook