Liminar garante permanência de 44 servidores do SAMU em Valadares

A liminar foi concedida através de um mandado de segurança impetrado na 5ª Vara Civil da cidade

Foi deferida uma liminar garantindo a permanência de 44 funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, que estavam ameaçados de deixarem seus respectivos cargos após a realização de um processo seletivo.

A ação foi ajuizada na 5ª Vara Civil da Comarca de Governador Valadares pelos 44 funcionários que juntamente com o Advogado Mauro Bomfim obtiveram sucesso na causa comunitária.

O mandado de segurança garante aos servidores a permanência em seus cargos, sendo alguns deles com mais de dez anos de serviços prestados para a cidade de Governador Valadares e região.

Entenda porque a necessidade da liminar

Os 98 funcionários do Samu alegam que foram enganados pela atual coordenação e não foram informados do processo seletivo e que seriam demitidos entre os dias 28 de Junho e 02 de Julho.

Os profissionais do Samu afirmaram que além do aviso de última hora, ouviram a informação da coordenação do SAMU de que eles estariam garantidos através de um processo seletivo especifico e agora correm o risco de demissão.

A preocupação também com o atendimento na cidade, caso entre os que passaram pelo processo seletivo assumissem sem nenhum tipo de transição pois os mesmos não tem  a devida experiência e isso poderia colocar em risco o atendimento prestado na cidade. Os atuais funcionários do Samu na cidade possuem em sua grande maioria até 11 anos de serviços prestados e além do tempo de serviço passaram por vários cursos e treinamentos para melhor atendimento.

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook