Manifestações em todo o Brasil após nomeação de Lula como Ministro da Casa Civil

Diário Oficial da União
Decreto Públicado no Diário Oficial da União

Em ao menos 16 Estados e no Distrito Federal foram registrados Manifestações, panelaços e buzinaços contra a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil nesta quarta-feira (16). Na maioria dos casos, as pessoas foram para as ruas depois do expediente de trabalho para manifestar indignação contra a decisão da presidente Dilma Rousseff (PT), sem que houvesse uma convocação prévia em dias anteriores vias redes sociais (o que ocorreu nos protestos do último domingo, 13). Houve registros também de ‘panelaços’ e ‘buzinaços’ em várias cidades.

Os protestos começaram no início da noite e acontecem em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Pernambuco, Goiás, Paraná, Pará, Bahia, Amazonas, Alagoas, Paraíba, Ceará e Mato Grosso do Sul.

Em São Paulo, centenas de pessoas se reuniram na avenida Paulista, que foi bloqueada nos dois sentidos. A avenida foi palco dos protestos do último domingo (13), que reuniu milhares de pessoas. Quatro quadras da avenida chegaram a ser ocupadas na Paulista na noite desta quarta.

O clima esquentou após o Juiz Sérgio Moro quebrar o sigilo da investigação e divulgação de conversa entre o ex-presidente Lula e Dilma Rousseff e outras pessoas.

Por ter sido organizado de última hora, a Polícia Militar ainda não divulgou uma estimativa do número de pessoas presentes no ato de hoje. Os manifestantes exibiram cartazes com frases como “Lula na cadeia” e “a jararaca está fugindo”. Além disso, entoavam gritos de baixo calão e faziam pedidos de renúncia de Dilma.

 Confira como foi os protestos no Brasil:

Comentários no Facebook