Galo buscou o empate no segundo tempo (Geraldo Bubniak)

Ainda que a vitória não tenha vindo, a reestreia do técnico Marcelo Oliveira no Atlético pode ser considerada positiva. Jogando na Arena da Baixada, na manhã deste domingo, o Galo foi superior ao xará paranaense e buscou o empate por 1 a 1 após sair em desvantagem. André Lima e Cazares, de pênalti, marcaram os gols do jogo.

Com o resultado, o Galo chegou aos quatro pontos, figurando na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro. Já o Furacão, que havia sido goleado pelo Palmeiras na primeira rodada, somou seu primeiro ponto no torneio.

Nesta quinta-feira, o alvinegro vai em busca da segunda vitória no Brasileirão, diante do Grêmio, no Independência. O Atlético-PR, por sua vez, encara o Botafogo, no Rio, um dia antes.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Galo começou o jogo com personalidade e buscando o gol. Logo no primeiro minuto, Erazo deu um bico para a frente, Carlos e Clayton ganharam da zaga e o goleiro Weverton teve que se esforçar para tirar a bola antes que os atacantes alvinegros pudessem finalizar.

Mas quem saiu na frente foi o Furacão. Ewandro foi acionado na esquerda e cruzou rasteiro. Edcarlos tentou cortar, a bola subiu um pouco e sobrou limpa para André Lima finalizar de primeira, sem chances para Victor.

Aos 14, Clayton recebeu na entrada da área e, sem marcação, chutou muito mal. Quatro minutos depois, Cazares cruzou na direita, Clayton escorou para a pequena área, mas Carlos não chegou a tempo de concluir.

O Galo teve outra boa chance aos 27 minutos. Douglas Santos avançou pela esquerda e cruzou na medida para Carlos. O atacante subiu sozinho, mas a cabeçada saiu fraca, nas mãos de Weverton.

Empate merecido

O Atlético voltou para o segundo tempo com Dátolo no lugar de Patric na tentativa de ser ainda mais ofensivo. Mas quem criou a primeira boa oportunidade foram os donos da casa. Aos três minutos, após boa troca de passes, Nikão encontrou Ewandro bem colocado na intermediária. O meia dominou e acertou uma bomba, exigindo boa defesa de Victor.

O Galo respondeu no minuto seguinte. Clayton carregou na entrada da área e tocou de calcanhar para Dátolo, que encheu o pé, mas a bola saiu sem direção.

Aos 30, Cazares perdeu uma grande chance. Carlos Eduardo descolou ótimo cruzamento pela direita e o equatoriano, sem marcação, pegou de primeira, mas Weverton mandou pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Cleberson desviou com a mão em lance com Edcarlos e o árbitro Flávio Rodrigues de Souza marcou o pênalti. Na cobrança, o próprio Cazares mandou para as redes.

Atlético-PR 1 x 1 Atlético

Motivo: 2ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Carlos Berkenbrock (SC)
Gols: André Lima, aos 9 min do 1ºT, Cazares, aos 31 min do 2ºT
Atlético-PR: Weverton, Eduardo, Cleberson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani, Ewandro (Marcos Guilherme) e Felipe; Nikão (Anderson Lopes) e André Lima (Walter). Técnico: Paulo Autuori
Atlético: Victor; Marcos Rocha, Edcarlos, Erazo e Douglas Santos; Rafael Carioca, Eduardo (Carlos Eduardo), Cazares e Patric (Dátolo); Clayton e Carlos (Hyuri). Técnico: Marcelo Oliveira

FONTERadio Itatiaia
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook