Créditos: MoWA Sports

Diferente do que havia sido publicado anteriormente pelos veículos de imprensa, a FIFA esclareceu, em carta enviada à CBF nesta sexta-feira (18) sua posição em relação ao processo de reparação de danos encaminhado ao Governo dos Estados Unidos pela entidade. Em resposta à solicitação de esclarecimentos da CBF, a FIFA destaca que tal cobrança diz respeito somente a 13 pessoas e duas organizações que já foram condenadas pela justiça americana. Em relação ao presidente licenciado da CBF, Marco Polo Del Nero, não há movimento neste sentido, uma vez que ele não foi sequer notificado da existência de qualquer processo.

Confira abaixo o conteúdo da carta em português e, em anexo, o documento original enviado pela FIFA, assinado pelo Diretor de Assuntos Jurídicos, Marco Villiger.

“Prezado Senhor,

Em resposta à sua carta solicitando esclarecimento de certos aspectos do Pedido de Ressarcimento da FIFA interposto junto ao Governo dos Estados Unidos.  O Sr. pediu especificamente esclarecimento sobre a posição da FIFA com relação a pessoas indiciadas mas não condenadas desde já.

Conforme exposto no seu Pedido de Ressarcimento, a FIFA pretende buscar indenização pelo prejuízo que lhe foi causado por quaisquer pessoas que sejam condenadas dos crimes alegados pelo Governo dos EUA.  Por enquanto, treze pessoas foram condenadas (todas por confissão de culpa), assim como duas organizações.  A FIFA crê que, pela lei dos EUA, neste momento tem direito a ressarcimento dessas pessoas e organizações.

Com relação às pessoas que foram indiciadas mas (por ora) não condenadas, a FIFA não busca ressarcimento contra estas neste momento.  Se acaso essas pessoas vierem a ser condenadas por confissão de culpa ou após julgamento por júri, a FIFA buscará ser ressarcida destas pessoas também.

Acreditamos que o acima esclareça nossa posição.

FIFA

Marco Villiger

Diretor de Assuntos Jurídicos”

FONTEAssessoria CBF
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook