BELO HORIZONTE / BRASIL - 25.06.2016 - Paulo Bento, no jogo entre Cruzeiro e Palmeiras pela décima primeira rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, em Belo Horizonte. Washington Alves

Após amargar a lanterna do Campeonato Brasileiro no fim da nona rodada, o Cruzeiro reagiu. Na noite desse sábado (25), a equipe celeste venceu sua segunda partida seguida, fazendo 2 a 1 sobre o Palmeiras no Mineirão. Para o técnico Paulo Bento, mais do que os três pontos o resultado mostrou a evolução do time.

“O mais importante deste jogo foi a organização da equipe, a capacidade que os jogadores tiveram de cumprir plenamente a estratégia que traçamos para esse jogo”, disse o treinador português, completando: “O plano de jogo foi praticamente cumprido na perfeição, se é que há jogos perfeitos.”

Para Bento, o ponto alto da atuação foi a defesa. “Acima de tudo jogamos com muita intensidade defensivamente. Se contra a Ponte Preta fizemos um jogo muito consistente defensivamente, hoje (sábado) não tenho dúvidas em afirmar que fizemos o nosso melhor jogo no ponto de vista defensivo”.

Antes da partida, ele havia previsto que o Cruzeiro teria que aproveitar os momentos em que controlaria as ações, sabendo que o Palmeiras, líder do Campeonato, também proporia a partida. Mas o que se viu em campo no Mineirão foi o time da casa soberano.

“Tivemos a capacidade de não deixar o adversário jogar e, ao mesmo tempo, conseguir dominar e controlar grande parte do jogo, para não dizer quase a totalidade do jogo. Há que se registrar a entrega e determinação dos jogadores, que souberam reagir quando saímos atrás no marcador, mesmo tendo várias situações para começarmos na frente”, completou.

COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook