PF desarticula quadrilha internacional de tráfico de droga e lavagem de dinheiro

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã de hoje (28) a Operação All In, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa responsável por tráfico internacional de drogas e lavagem de capitais nos estados do Paraná, de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais.

Segundo a corporação, 150 policiais federais cumprem 50 mandados judiciais, sendo 18 de prisão cautelar e 25 de busca e apreensão, além de sete mandados de condução coercitiva em 14 cidades.

Estão sendo cumpridos também o sequestro de seis aeronaves e cinco imóveis, incluindo um aeródromo; o bloqueio de 68 contas-correntes; e a apreensão de mais de 35 veículos adquiridos por meio de práticas criminosas.

“Até o presente momento, o patrimônio objeto das medidas constritivas ultrapassa R$ 7,5 milhões”, informou a PF, por meio de nota.

A droga, de acordo com a corporação, entrava no país em aeronaves e, posteriormente, distribuída no Sudeste do país por via terrestre. No decorrer das investigações, foram realizadas duas prisões em flagrante nas quais três integrantes do grupo foram presos transportando mais de 800 kg de cocaína originária da Bolívia.

A operação foi batizada de All In em razão de uma jogada típica do poker em que o jogador aposta todas as suas fichas em uma mão de cartas, “em alusão à forma impetuosa com que a organização criminosa desenvolve suas atividades, arriscando-se no transporte de grandes carregamentos de entorpecentes”, concluiu a PF.

Comentários no Facebook