PF realiza operação para desarticular planos de pistolagem contra policiais

O alvo seria policiais que atuam na Operação Mar de Lama, que investiga vereadores, empresários, sindicalistas e servidores públicos de Governador Valadares

A Polícia Federal deflagrou hoje em Governador Valadares a “Operação Sicários” para coibir intimidação contra delegados e agentes que atuam em outra operação, batizada de Mar de Lama, que começou ano passado na mesma cidade e já teve oito fases.

Foram cumpridos sete mandados judiciais de busca e apreensão e cinco de condução coercitiva. Sicário é sinônimo para matador de aluguel. A PF não divulgou o nome dos envolvidos nessa operação.

Com base em registros coletados juntos a outros órgãos de segurança pública, a PF teve conhecimento de que pessoas estariam agindo para impedir ou embaraçar as investigações provenientes da Mar de Lama, que investigava um esquema de fraude envolvendo servidores públicos, empresários, sindicalistas e vereadores da legislatura passada. Oito deles chegaram a ser afastados do Câmara Municipal.

De acordo com PF, a residência de policiais, cujos nomes não foram divulgados, era monitorada e havia até mesmo a intenção de contratação de pistoleiros para intimidar a ação das autoridades.

As informações sobre possíveis atentados contra policiais foram levantadas por meio de diligências e ações de inteligência feitas pela PF.

“As investigações objeto da Operação Sicários terão continuidade. Caso sejam identificados novos envolvidos, estes serão presos, principalmente se surgirem futuras tentativas de intimidação; intimidações estas que, em hipótese alguma, interromperão os desdobramentos da Operação Mar de Lama”, diz a nota emitida pela PF em Valadares.

FONTEEstado de Minas
COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook