Polícia Civil prende dupla suspeita de integrar quadrilha especializada em roubos de relógios de luxo

Divulgação: PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em flagrante, na sexta-feira (2), Jonatas Simões Silva, 25 anos, e Edson Moreira de Souza, 27, no bairro Belvedere, em Belo Horizonte. De acordo com as investigações, os suspeitos, que vieram da cidade de Tabuão da Serra, estado de São Paulo, seriam integrantes de uma quadrilha especializada em roubo de relógios de luxo.

Conforme apurado, a dupla, juntamente com um terceiro comparsa, teria realizado pelo menos 13 roubos durante a última semana na região Sul de Belo Horizonte. O preço dos relógios furtados variam entre R$ 40 mil a R$120 mil.

A delegada responsável pelo caso, Cristiana Angelini, destacou importância da ação da Polícia Civil. “Em julho de 2016, a PCMG prendeu uma quadrilha paulista composta por seis suspeitos, que agiam com o mesmo modo operante. E desde então ficamos sem ter esse tipo de crime na capital. Na sexta-feira (2), tivemos conhecimento de uma ocorrência e, a partir de levantamentos, fizemos um intenso trabalho para interceptar os suspeitos. Eles foram presos no momento que seguiam um carro importado, em uma movimentada avenida do bairro Belvedere. A equipe de policiais civis conseguiu abordar a dupla. Na cintura de Jonatas foi encontrado um revólver calibre 25. Um terceiro indivíduo está foragido”, revelou a delegada.

Modo de ação

A partir dos levantamentos realizados para PCMG, os integrantes do grupo teriam se deslocado até Belo Horizonte, onde priorizavam alguns pontos da Zona Sul, visando escolher suas vítimas entre pessoas de alto poder aquisitivo e que comumente utilizam relógios de luxo.

“Após localizarem uma pessoa que estivesse usando um relógio de luxo, um dos integrantes da quadrilha, armado, se deslocava em uma moto, sob a escolta de outra motocicleta, e praticava o roubo. O relógio seria rapidamente repassado para um terceiro comparsa, em outra moto, para dificultar a recuperação do produto pela vítima”, revelou a delegada.

Os dois suspeitos possuem passagem pela polícia. Edson tem passagem por roubo e Jonatas, por roubo e tráfico de drogas.

Legenda – foto da mesa de coletiva: O delegado regional Sul, Arlen Bahia; a coordenadora especial do 1º Departamento de Policia Civil em Belo Horizonte, Alessandra Wilke; a delegada da 1ª Delegacia de Polícia Civil Sul, Cristiana Angelini; e o inspetor Rafael Atma.

Fotos: Divulgação PCMG

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook