Foto: Divulgação PRB

Diferente do que tem sido publicado em blogs e sites de notícias, o PRB por meio de nota oficial publicada em seu site disse que não voltará à base do governo Dilma e continuará sendo um partido independente.

A nota diz que “Essas ilações irresponsáveis e mentirosas são tentativas desesperadas de comprometer a imagem do partido e criar desconforto na relação entre os parlamentares.” Diante disso, os três secretários indicados pelo partido – Marcos Jorge, Rogerio Hamam e Carlos Geraldo – já colocaram os respectivos cargos à disposição.

Eles permanecem nos cargos aguardando a indicação dos substitutos para que o trabalho não seja prejudicado. O PRB espera que tão logo o novo ministro seja empossado, proceda à exoneração dos mesmos.

Mais uma vez reiteramos o que já foi dito: o PRB não faz mais parte da base de apoio do governo Dilma Rousseff e continuará atuando de forma independente no Congresso Nacional.

Lamentamos muito que setores da imprensa sequer procuraram o PRB para ouvir o outro lado, elemento fundamental do bom jornalismo.

FONTEPRB
COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook