Fotos: Washington Alves

Com uma boa atuação no primeiro tempo, o Cruzeiro resolveu a partida nos 45 minutos iniciais e não encontrou muitas dificuldades para vencer o Guarani por 2 a 0, neste domingo, no Mineirão, pela penúltima rodada do Campeonato Mineiro. Alisson e Sánchez Miño, em uma linda cobrança de falta, marcaram para a Raposa.

O Cruzeiro abriu o placar aos 18 minutos. Após linda tabela com Arrascaeta, Élber chegou à linha de fundo e cruzou para trás achando Alisson sozinho, que bateu rasteiro para o fundo das redes. O time celeste ampliou aos 34 em uma bela cobrança de falta de Sánchez Miño. De perna esquerda, o argentino colocou no ângulo esquerdo do goleiro Jordan marcando o seu primeiro gol pela Raposa.

O time celeste ainda acertou a trave três vezes (em cobrança de falta de Arrascaeta no primeiro tempo, em um chute de Élber e em uma tentativa de cruzamento de Alisson na etapa final). Apesar das duas bolas no poste nos 45 minutos finais, o Cruzeiro não mostrou o mesmo futebol no segundo tempo. O time relaxou com o resultado e caiu de rendimento, proporcionando mais espaço ao Guarani, que não soube aproveitar as poucas chances que teve.

Atuação à parte, a vitória neste domingo garantiu ao Cruzeiro a primeira colocação geral do Estadual. Com 26 pontos, seis a mais do que o Atlético, o time celeste se mantém invicto na competição e terá todas as vantagens na semifinal e em uma eventual decisão. Na próxima fase, a Raposa jogará por dois resultados iguais (dois empates ou uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols), além de escolher a ordem do mando de campo das partidas.

Sánchez Miño e Lucas Romero, que estavam pendurados com dois cartões amarelos, levaram o terceiro e estão fora da última rodada, no próximo domingo, em Varginha, contra o desesperado Boa Esporte, que luta contra o rebaixamento. Assim, a dupla de gringos chega zerada para a semifinal do Estadual.

Já o Guarani, com apenas nove pontos, continua na lanterna do Estadual e viu a sua situação ficar ainda mais complicada na luta contra a degola. Na última rodada, o Bugre precisará vencer o Villa Nova, em Divinópolis, além de torcer por uma combinação de resultados para escapar da queda para o Módulo II.

Cruzeiro 2 x 0 Guarani

Cruzeiro: Fábio; Mayke, Manoel, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Lucas Romero, Ariel Cabral (Federico Gino) e Arrascaeta (Pisano); Élber, Alisson e Rafael Silva (Douglas Coutinho). Técnico: Deivid

Guarani: Jordan; Felipe Cordeiro, Lula, Anderson e Carlos Renato; Renan (Murilo Henrique), Denilton e Romarinho (Genalvo); Deyvison, Wander e Marcus Vinicius (Júnior Barros). Técnico: Ramon Menezes

Motivo: 10ª rodada do Campeonato Mineiro

Data: 3 de abril de 2016, às 16h

Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Alisson (18’/1ºT), Sánchez Miño (34’/1ºT)

Cartão Amarelo: Lula, Carlos Renato (Guarani); Sánchez Miño, Lucas Romero (Cruzeiro)

Árbitro: Felipe Fernandes Lima

Auxiliares: Magno Arantes Lira e Fernanda Nandrea Gomes Antunes

COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook