Servidores protestam dentro da Prefeitura de Governador Valadares

Polícia Militar foi chamada para retirar manifestantes do quarto andar. Em greve, sindicato diz que a Prefeitura não negociou com os servidores.

Grevistas apitavam no quarto andar da Prefeitura até a chegada da PM (Foto: Paulo Reis/ Arquivo Pessoal)

Cerca de 50 servidores municipais fizeram um protesto na tarde desta quarta-feira (30) no quarto andar da Prefeitura de Governador Valadares (MG), onde se localiza o gabinete da prefeita Elisa Costa. O grupo ficou no local por cerca de uma hora, com apitos, garrafas plásticas e tampas de panelas, até que a Polícia Militar foi chamada pela administração municipal e os manifestantes se retiraram, continuando o protesto na porta da Prefeitura.

O Sindicato dos Servidores Municipais de Governador Valadares (Sinsem-GV) iniciou a greve, em Fevereiro com o pedido de recomposição salarial dos servidores, o repasse do desconto salarial para o plano de aposentadoria e plano de saúde dos profissionais, além de melhores condições de trabalho.

Assista o vídeo do momento em que os servidores municipais protestavam no quarto andar da Prefeitura Municipal:

O presidente do Sinsem, Valdecir Morais, esteve reunido com o secretário de governo Ranger Belisário, mas disse que a administração ainda não ofereceu uma proposta para os servidores. “Nós colocamos as nossas necessidades e o secretário ofereceu apenas uma negociação após a paralisação das manifestações que temos feito. O movimento entende que não podemos parar com as manifestações, até que seja feita uma negociação efetiva. A Prefeitura não ofereceu nenhuma contraproposta para o sindicato. Nós vamos continuar aguardando até que a Prefeitura se posicione, oferecendo uma negociação palpável para o sindicato, para que a gente possa retornar ao nosso trabalho”, afirmou Valdecir em entrevista.

PREFEITURA

A Prefeitura de Governador Valadares, afirmou por meio de nota, que a polícia foi chamada para manter a segurança, pois os servidores entraram fazendo algazarra e muito barulho, prejudicando o trabalho.

Ainda segundo o comunicado, já havia sido solicitado que os manifestantes se retirassem – o que não aconteceu – e, enquanto os servidores estiveram no prédio, a polícia também esteve. O comunicado ainda disse que dos mais de oito mil servidores, 111 estão em greve. A Prefeitura afirma que havia uma negociação, que foi interrompida com a deflagração da greve.

FONTEG1
COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook