Créditos: Rafael Ribeiro / CBF

Com um gol aos 46 minutos do segundo tempo, a Seleção Brasileira evitou um vexame maior e conseguiu buscar o empate por 2 a 2 com o Paraguai, na noite desta terça-feira, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, pela sexta rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia. Mais uma vez, o time comandado por Dunga apresentou um futebol ruim na maior parte do tempo e foi dominado pelo adversário.

Lezcano, no fim do primeiro tempo, e Benítez, no início da etapa final, fizeram para o Paraguai. Ricardo Oliveira diminuiu aos 34 e Daniel Alves evitou a derrota aos 46 minutos.

Com o resultado, a Seleção Brasileira ficou em situação delicada na tabela de classificação para a Copa. Após o segundo empate consecutivo – ficou no 2 a 2 com o Uruguai, na Arena Pernambuco na última rodada depois de abrir 2 a 0 a equipe canarinha caiu para o sexto lugar, com nove pontos, e neste momento não conseguiria nem uma vaga na repescagem. Apenas os quatro primeiros garantem passaporte para o Mundial de 2018, enquanto o quinto colocado disputa um lugar no torneio com o campeão da Oceania.

Agora, o Brasil ficará cinco meses pressionado por estar fora da zona de classificação para a Copa do Mundo. O próximo compromisso pelas Eliminatórias será somente no dia 2 de setembro, contra o Equador, fora de casa. No dia 6 do mesmo mês, a seleção receberá em seus domínios a Colômbia, em estádio ainda a ser definido pela CBF. Mas antes a seleção terá pela frente a Copa América Centenário, que será realizada durante o mês de junho nos Estados Unidos.

Brasil: Alisson, Daniel Alves, Miranda, Gil e Filipe Luís; Luiz Gustavo (Lucas Lima), Fernandinho (Hulk), Willian, Renato Augusto e Douglas Costa; Ricardo Oliveira (Jonas).

COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook