Thaynara OG, a maranhense fenômeno do SnapChat

ThaynaraOg ficou mais famosa após ter sido mencionada ao vivo, pelo apresentador Celso Portiolli e convidada para ir em seu programa, o Domingo Legal, no SBT

Rede social do momento, o SnapChat ganhou uma projeção gigante com a fórmula de exibir vídeos de 10 segundos. No entanto, muitas celebridades e anônimos entraram numa viagem ególatra ao mostrar apenas detalhes de suas vidas – nem sempre interessantes. Diversos segundos dedicados ao novo vestido, ao namorado que não gosta de treinar ou à propaganda de um óculos de sol que ganhou de jabá. Muito conteúdo sem criatividade, só falando de si próprio. Para aguentar tudo, é preciso tomar um copo de água com açúcar.

Thaynara: seguida por personalidades como Celso Portiolli, Camila Queiroz e Hugo Gloss (Foto: Reprodução/Instagram)
Thaynara: seguida por personalidades como Celso Portiolli, Camila Queiroz e Hugo Gloss (Foto: Reprodução/Instagram)

Thaynara Oliveira Gomes, cujo perfil é ThaynaraOG, está longe de tudo isso. Formada em direito e natural de São Luís, no Maranhão, ela sabe usar como ninguém os recursos do aplicativo. Seus vídeos têm música, emoticons e sacadas com começo, meio e fim. Ela cria programetes, como o Thay Responde e o Subindo na Vida. Usa um vocabulário próprio, sendo a palavra “kiu” a principal delas. Faz tudo de forma despretensiosa, sem se achar a última bolacha de São Luís. Aliás, ela se chama de “subcelebridade”. “Tenho 90 000 visualizações por vídeo”, diz. Esse número só cresce: ganha 5 000 novos seguidores (“criminosos”) por dia. Com vocês, a musa do SnapChat:

Quando criou uma conta no SnapChat?
Foi em 2012, como forma de trocar mensagens com os amigos. Desde o começo eu fazia tiradas engraçadas. No meio do ano passado, abri o SnapChat para o público em geral. Hoje, contabilizo 90 000 visualizações diárias, mas a média de crescimento é de 5 000 novas seguidores por dia.

Você é formada em direito. No SnapChat, mostra um lado editora de vídeos. Pensou em cursar jornalismo?
Pode ser que tenha a veia jornalística, mas me encontrei no Snap porque sempre fui engraçada. A minha proposta é diferente, com programação diária e ao vivo. Entro sem roteiro, interajo com os comentários dos seguidores e vou em frente. Tenho os personagens fixos, caso da minha irmã (Lud) e da minha cachorra (Jade Sinistra). Aliás, a Jade está tão famosa que ela própria ganha um monte de presente.

A que se deve esse crescimento?
Todo dia um famoso fala de mim, então as coisas vão aumentando. O Celso Portiolli me acompanha e já me convidou para ir ao programa dele, daqui a pouco vou chegar em São Paulo. Me aguarde.

Você adora brincar que colocou o Maranhão no mapa…
Falo pela polêmica (risos). Nasci e cresci em São Luís. Eu me formei em março do ano passado na Universidade Federal do Maranhão. Hoje, faço um cursinho todas as manhãs e alguns dias à tarde também, para prestar concurso para a Defensoria Pública da União. Também trabalho como advogada em paralelo, pois para ser aprovada neste curso preciso ter três anos de experiência. Não sigo a linha de mostrar a minha vida no SnapChat, não faz sentido entrar durante o dia. Gravo os meus vídeos à noite, os seguidores criminosos já esperam a minha programação nessa hora do dia.

O que não entra no seu SnapChat?
Antes eu filmava meus pais, uma prima de 10 anos de idade… mas agora deixei de mostrar muita coisa. Miro mais nos personagens, não mostro onde moro. Eu tenho percebido que muitas crianças e adolescentes me seguem, então tenho responsabilidade com as coisas.

Dia desses, você saiu com o seu “paquerinha”, mas não mostrou o rosto dele. Por que esconder o rapaz?
Na verdade, como estamos em uma fase instável, estou conhecendo melhor o clima… Se não der certo, os seguidores vão perguntar por ele.

Você ganha dinheiro com a rede social?
Sim, já faço merchan. Prefiro trabalhar com marcas nacionais para atrair seguidores de todo o Brasil, mas já fiz muita coisa para lojas de São Luís.

Jade Sinistra: seguidores cobram de Thaynara quando poodle não aparece com frequência nos vídeos
Jade Sinistra: seguidores cobram de Thaynara quando poodle não aparece com frequência nos vídeos

Ganha muitos presentes?
O item mais caro que recebi foi um iPhone. Em janeiro, minha irmã caiu na piscina com o celular no bolso. Daí uma gráfica disse que se eu conseguisse 5 000 seguidores para o Facebook deles eu ganharia um telefone. Conseguimos em menos de uma hora, foi o maior engajamento positivo. Mas recebo muita coisa engraçada. Como moro em frente a uma pizzaria, tem gente que me manda recado pelo guardanapo, envia pedaço de pizza…

Que raios significa “kiu”?
É um grito aleatório, sempre falei. Uso para frases variadas, tipo agora: “kiu”.

Quem você gosta de seguir no SnapChat?
Rafinha Bastos e NaIgreja, de um rapaz que brinca com músicas gospel. Também gosto do Diego Nunes e Caio Braz.

Quais são seus próximos planos?
Em março, quero estrear um canal de vídeos no YouTube.

FONTEVeja - SP
COMPARTILHAR
Jucélio Araujo
Apresentador, 29 anos, na Tv Rio Doce há 11 anos, sendo 6 no Programa Valadares na Tv.

Comentários no Facebook