A quinta-feira para os jogadores americanos não foi nada fácil. O time se reapresentou no início da tarde no CT Lanna Drumond, após a derrota por 1 a 0 para o Flamengo. O resultado decretou matematicamente o rebaixamento do Clube para a Série B de 2017. Enquanto os reservas participaram de uma atividade com bola em campo reduzido, os titulares no jogo fizeram um treino regenerativo.

Entre eles, o meio campo americano Tony, jogador muito identificado com a camisa americana. Tony revelou o seu abatimento após o rebaixamento matemático e tentou traduzir o sentimento do grupo. O meia ressaltou que teve dificuldades para dormir depois do jogo, mas afirma que a obrigação dos atletas do Coelho é honrar o nome do América nas três rodadas restantes da competição nacional.

“É claro que nós passamos por um momento difícil, uma ressaca moral ao acordar hoje. Foi difícil dormir ontem, justamente porque a gente ainda tinha condições e ainda achava que poderia lutar por alguma coisa. Mas, agora, nós não temos mais nem chances matemáticas. Então temos que tentar vencer os jogos restantes, acabar o campeonato dignamente e honrar a camisa que é o que fazemos desde que chegamos aqui”, afirma.

O meia também aproveitou para pedir desculpas ao torcedor do Coelho, que apoiou o time até o fim.

“Independente da situação do clube, temos sempre que fazer o nosso melhor. Tentar fazer o que a gente puder de melhor por nós, pelo Clube, pelos torcedores que têm nos apoiado. Ontem tinha bastante gente lá no Mineirão e todos nos apoiaram. Então, sinceramente, peço desculpas pelas coisas não saírem como eles e nos queríamos. Realmente só tenho que pedir desculpas para o torcedor e para cada um que ama e gosta do América, assim como nós aprendemos a gostar”.

PROGRAMAÇÃO

O trabalho continua e o time volta aos treinos na tarde desta sexta-feira (18/11), às 16h, no CT Lanna Drumond. A preparação visa o próximo desafio no Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio, no domingo (20/11), às 17h, em Porto Alegre.

Tony destaca que o objetivo fora de casa será pontuar e observa que o Coelho busca, ao menos, não terminar o campeonato na lanterna.

“Hoje a nossa briga vai ser não terminar na última colocação. Se a gente puder deixar a 20ª posição para o Santa Cruz já é algum passo. Se é o que a gente pode buscar, nós vamos buscar isso até o final”, conclui.

FONTESite do America MG
COMPARTILHAR
Marcus Vinícius Gomes
Réporter Esportivo desde 2010, 30 anos, apaixonado por futebol, viajou Minas Gerais nas melhores coberturas esportivas para Rádios, TV e claro, se divertindo fazendo aquilo que gostava, que é estar à beira do gramado.

Comentários no Facebook