A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFR), em Governador Valadares, prendeu na tarde de ontem (21), três homens suspeitos de falsificação de documentos pessoais e fraude em Instituições Financeiras.

De posse de informações de que havia uma quadrilha de estelionatários provenientes da cidade de Belo Horizonte na cidade de Valadares, policiais civis foram ao encalço dos suspeitos, que transitavam pela Av. Veneza no bairro Grã Duquesa, num veículo de passeio.

No veículo abordado estavam dois suspeitos, Rui e Jader, os quais afirmaram aos policiais que teriam vindo com mais dois rapazes no intuito de efetuar empréstimos em Instituições Financeiras, tendo sido afirmado por um deles, que receberia valor equivalente a 20% da quantia auferida pelo grupo. Na abordagem, um dos homens apresentou documento de identificação pessoal falsa, em nome de outra pessoa.

Com informações do paradeiro dos outros suspeitos, policiais civis diligenciaram até um hotel situado na BR 116, onde foi localizado um contrato de empréstimo consignado no valor de R$ 10.000,00 e a pessoa de Cristiano Marçal Boaventura (34), o qual foi levado à Depol, quando negou os fatos narrados pelo comparsa e tentou subornar um dos policiais.

O grupo agia realizando empréstimos de forma fraudulenta, sacava o dinheiro e depositava em contas de “laranjas”. Quando retornavam à capital, sacavam a quantia e dividiam entre os integrantes do esquema.

Além de Cristiano – Líder do grupo e com diversas prisões por estelionato, inclusive por fraude a Caixa Econômica Federal – também foram presos em flagrante delito, Jader Vieira Santos (26) e Rui Antunes de Siqueira Junior (43), os quais se encontram no Presídio local à disposição da Justiça.

FONTEPCMG
COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook