Vacinas contra HPV para meninos e meningite C já estão disponíveis nas UBS’s de Valadares

Atenção, pais ou responsáveis! Que tal aproveitar o período de férias para colocar o cartão de vacinação dos seus filhos em dia? Talvez vocês não saibam, mas o Ministério da Saúde realizou duas mudanças no calendário de vacinação deste ano e ambas são voltadas para a proteção e prevenção dos jovens e estarão disponíveis nas unidades de saúde de Valadares a partir desta quinta-feira (12).

A primeira alteração fica por conta da meningite C, que antes era disponibilizada apenas para crianças entre três meses e quatro anos, e, a partir de agora, será aplicada em jovens de 12 e 13 anos, em dose única.

A outra novidade é que a vacina contra o Papiloma Vírus Humano, mais conhecido por HPV, passa a imunizar os meninos, com duas doses. Com a inclusão, o MS espera proteger os garotos de 12 e 13 anos contra os cânceres de pênis, ânus e garganta, além de prevenir o aparecimento de verrugas genitais. Pessoas com HIV/Aids, de 9 a 26 anos, também podem tomar a vacina desde que apresentem prescrição médica. Neste caso, elas devem procurar a sala de vacinas especiais, que fica no prédio da Policlínica, para tomar as três doses, sendo a segunda dois meses após a primeira e, a última, seis meses após a segunda.

Em Valadares há cerca de 9.600 meninos e meninas nessa faixa etária.

Meninas

Vale lembrar que as doses contra o HPV continuam disponíveis gratuitamente nas unidades de saúde para meninas de 9 a 13 anos. Isso porque desde 2014 a vacina foi introduzida na rotina de imunização em todo o país e encontra-se acessível na rede pública de saúde durante todo o ano. A vacina contra o HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e, por isso, não tiveram nenhum contato com o vírus. Tanto meninos quanto meninas precisam tomar duas doses para ficarem totalmente protegidos, sendo a segunda dose aplicada seis meses depois da primeira.

Para receber qualquer uma das doses é preciso comparecer à unidade de saúde mais próxima de casa, das 7 às 17h, portando cartão de vacinação e documento de identificação.

HPV

O vírus é transmitido pelo contato direto com a pele ou com mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido de mãe para filho no momento do parto.

O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam, anualmente, o Papanicolaou – exame capaz de diagnosticar precocemente o câncer de colo de útero, aumentando as chances de cura da paciente. É bom ressaltar que a vacina não substitui a realização do exame preventivo nem o uso de preservativos nas relações sexuais.

COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook