Após oito dias de paralisação, a coleta seletiva de lixo em Governador Valadares (MG) foi retomada, na manhã desta quinta-feira (17). Os 22 trabalhadores responsáveis pela coleta do lixo seco receberam da Pavotec, empresa responsável pelo serviço de limpeza urbana do município, parte dos salários atrasados nessa quarta-feira (16).

O motorista, Hudson Silveira, disse que o pagamento recebido pelos caminhoneiros se refere ao mês de agosto, e, caso a empresa não pague o restante dos salários até a segunda-feira (21), eles poderão paralisar novamente as atividades.

“O que foi pago é referente ao restante do mês de julho e agosto, ainda restam setembro e outubro ainda. A gente vai procurar a empresa pra tentar entrar num acordo primeiro, mas se não houver acordo, a gente vai ter que parar, porque a gente não aguenta mais não”, disse Hudson.

Os motoristas que fizeram a paralisação são responsáveis pela coleta de lixo seco, recolhimento de animais e também o serviço de capina. O retorno ao trabalho tem impacto direto nas atividades da Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis Natureza Viva (ASCANAVI), que depende do material coletado pelos motoristas. No último dia 10, membros da ASCANAVI fizeram uma manifestação na porta do aterro sanitário da cidade, reclamando da falta de materiais para trabalhar, provocada pela paralisação dos motoristas.

A coordenadora financeira da entidade, Ivanilde Pereira Ribeiro, disse que o galpão da associação está vazio, mas, com o fim da greve dos caminhoneiros, o serviço logo será normalizado “Nós ficamos uma semana sem material, graças a Deus tá chegando dos hospitais, estão retornando lentamente as atividades; eu tenho o pressentimento que a partir das 15h as coletas virão todas todas para ASCANAVI.”

A nosso equipe procurou a prefeitura da cidade para falar sobre os pagamentos que são realizados à empresa Pavotec, que informou que só poderá se pronunciar sobre o assunto a partir do dia 21 deste mês.

A Pavotec também foi procurada para falar sobre o caso. Segundo a empresa responsável pela limpeza urbana em Valadares, ainda nesta quinta-feira vai se reunir com representantes da Prefeitura para expor a dificuldade em realizar os pagamentos por causa do descumprimento nos repasses que deveriam ser feitos pelo município. Segundo a Pavotec, o acumulado da dívida chega a quase R$ 20 milhões.

Com informações do portal G1 Vales
FONTEPortal G1
COMPARTILHAR
Redação
Como maior ouvidoria popular de Governador Valadares, o Programa Valadares na TV se destaca por levar informação e conteúdo exclusivo de problemas e assuntos de nossa cidade.

Comentários no Facebook