Caratinga

Advogado é morto a tiros; mulher foi presa e confessou participação no crime

Segundo a Polícia Militar, câmeras de segurança ajudaram a identificar a motorista que deu fuga ao autor dos disparos; ela foi presa em flagrante e confessou.

02/04/2021 14h33Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Fonte: G1
Foto: Redes Sociais/ Reprodução
Foto: Redes Sociais/ Reprodução

Um advogado foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (1) em Caratinga (MG). Segundo a Polícia Militar, Augusto Rocha Barreto Diniz de Abreu, de 32 anos, conversava com um colega na rua Princesa Isabel, no Centro, quando o autor se aproximou e fez vários disparos.

Ainda de acordo com a PM, a vítima chegou a ser socorrida para hospital, mas morreu depois de dar entrada na unidade de saúde.

Os policiais localizaram câmeras de segurança que flagraram que o autor fugiu em um carro que o esperava em outra rua próxima ao local do crime. Com as imagens, a motorista do veículo foi identificada e presa em flagrante.

A mulher confessou que foi procurada pelo homem que fez os disparos, pois ele sabia que ela também tinha questões mal resolvidas com o advogado. Ela foi encaminhada para a Delegacia Civil.

A PM apreendeu ainda o notebook, celular e pen drives da vítima, que devem auxiliar nas investigações.

A polícia continua as buscas pelo outro suspeito de participação no crime.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários