Acabou o doce

Após notificação do Conar e críticas por beber demais, Gusttavo Lima diz que não fará mais lives

O cantor foi alvo de uma representação do Conar por causa das propagandas de bebida alcoólica nas lives

Famosidade

FamosidadeTudo sobre o mundo dos famosos em um só lugar!

17/04/2020 09h57
Por: Redação
Fonte: BHAZ

O cantor Gusttavo Lima usou as redes sociais nessa quarta-feira (15) para fazer um desabafo e anunciar que não vai mais fazer “lives” se for “pra ser censurado”. Um dia antes, o Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) entrou com uma representação ética contra o sertanejo por causa das propagandas de bebida alcoólica feitas nas transmissões ao vivo dele.

“Acho que o grande segredo da live é tirar o lençol do fantasma. Acho que uma live engessada e politicamente correta não tem graça. O bom são as brincadeiras, a vontade de levar alegria, alto astral para as pessoas que estão agoniadas nesse momento. Não farei live pra ser censurado”, escreveu o sertanejo no Twitter, em uma publicação já apagada.

 

No dia 11 de abril, o cantor fez sua segunda live durante o período de isolamento social, o “Buteco Bohemia em Casa”. A transmissão foi patrocinada pela Ambev e o cantor foi criticado por um consumo de bebidas alcoólicas considerado exagerado.

Segundo a Conar, a representação foi aberta “a partir de denúncias recebidas de dezenas de consumidores, que consideraram que as ações publicitárias carecem de cuidados recomendados pelo Conselho para a publicidade de bebidas alcoólicas” e a de ingestão de cerveja tem “potencial estímulo ao consumo irresponsável do produto”.

O órgão informou que o “formato inovador” das publicidades “deve ser conciliado com os princípios fundamentais da comunicação comercial do segmento, com a divulgação responsável de bebidas alcoólicas e sem fragilizar os cuidado para que não seja difundida ao crianças e adolescentes”.

Na última transmissão, Gusttavo Lima declarou que arrecadou, através de doações dos espectadores, mais de 1 milhão de quilos de alimentos, 300 mil unidades de álcool em gel, 400 mil máscaras e 10 mil luvas, além de 200 matrículas em cursos na área da saúde e 10 cúpulas de entubação.

“Além de shows ao vivo, estamos arrecadando e fazendo doações para entidades e pessoas carentes que neste momento passam por extrema necessidade… Estamos dividindo as nossas intimidades, mostrando ao público como é nossa vida fora dos palcos, compartilhando momentos únicos!!!”, escreveu o cantor no Twitter nessa quarta-feira.

Gusttavo Lima finalizou o desabafo ironizando a situação. “Hoje vou assistir a live do Cezar Menotti e Fabiano… Ainda bem que eles só bebem água”, brincou. A Conar informou que a Ambev e o cantor “têm prazo regimental para enviar, se assim o desejarem, defesa ao Conselho de Ética ou adaptarem de imediato o conteúdo publicitário das lives às regras éticas”.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Governador Valadares - MG
Atualizado às 11h21
29°
Poucas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 19°
30°

Sensação

5.1 km/h

Vento

54.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
quadrado home
Municípios
Últimas notícias
quadrado 3
Mais lidas
Anúncio
Anúncio