topo 3
Mandado busca

PF combate usurpação de bens da união com operação “nômades”

Policia Federal realizou "operação nômade" em Valadares e cidades regionais

05/11/2020 15h50
Por: Massillon Neves
Um dos crimes cometidos pelo grupo organizado foi o de lavagem de dinheiro foto: divulgação
Um dos crimes cometidos pelo grupo organizado foi o de lavagem de dinheiro foto: divulgação

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (5), a operação policial “nômades”, para combater garimpo ilegal de quatorze raros e outros minerais na região das cidades mineiras de Curvelo, Bocaiuva e Governador Valadares, descapitalizando e desarticulando a organização criminosa investigada, além de reprimir, grupos armados que atuavam na coação e ameaças a pessoas ligadas ao ramo de extração mineral legal em Minas Gerais.

As investigações apuraram que o grupo criminoso, atuava sem licenças em extrações de minerais raros, incluindo contrabando de pedras raras para países da Ásia, sem recolhimento de contribuições e tributos devidos, causando prejuízo de milhões de reais contra o Meio Ambiente.

Os investigados também praticavam lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio. Foi identificado vínculo criminal entre diversos investigados de outras operações realizadas em Minas, como a “lodo verde”. A Polícia Federal representou por 11 mandados de busca e apreensão, que foram expedidos pela Justiça Federal de Belo Horizonte e cumpridos nas cidades mineiras de Bocaíuva, Couto de Magalhães, Governador Valadares e Pará de Minas e em Vila Velha(ES), em locais de garimpos ilegais e em residências e empresas de pessoas ligadas ao grupo e beneficiadas com as atividades ilegais. Houve, também, bloqueio de valores e sequestro de bens imóveis e veículos de investigados. Durante as buscas, foram conduzidas duas pessoas por posse irregular de armas de fogo.

Os fatos investigados, podem configurar diversos crimes contra o Meio Ambiente, como usurpação de bem da união, crimes de atuação de organização criminosa, de descumprimento de ordens de embargos e de ocultação patrimonial e lavagem de dinheiro, que podem resultar em pena de reclusão de até doze anos e multa.

Fonte: Polícia Federal

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Governador Valadares - MG
Atualizado às 07h07
21°
Muitas nuvens Máxima: 29° - Mínima: 18°
21°

Sensação

0 km/h

Vento

90%

Umidade

Fonte: Climatempo
quadrado home
Municípios
Últimas notícias
quadrado 3
Mais lidas
Anúncio
Anúncio