Minas Gerais

Sedese promove curso gratuito sobre trabalho infantil e proteção ao adolescente

Sedese promove curso sobre trabalho infantil e proteção ao adolescente Capacitação gratuita está com inscrições abertas até 25/7 e vai oferecer 1,5 mil vagas

11/06/2021 15h15
Por: Redação
Fonte: Secom Minas Gerais
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em referência ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado em 12/6, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese)lança, nesta sexta-feira (11/6), um minicurso gratuito sobre trabalho infantil e proteção ao adolescente trabalhador.

As inscrições devem ser feitas no endereço serdh.mg.gov.br/inscrição, utilizando o código Sedese606, até o dia 25/7. Ao todo, são disponibilizadas 1,5 mil vagas. A inscrição exige uso de e-mail pessoal.

A capacitação será na modalidade a distância, via plataforma Moodle. O curso, que terá duração de 20 horas/aula, abordará temas como o Trabalho Infantil e Aperfeiçoamento da Gestão do Programa de Erradicação. Haverá, ainda, uma avaliação. A qualificação emite certificado de participação.

A Sedese lançará ainda a cartilha  “Entender para combater: Trabalho Infantil”, sobre os mitos e verdades do trabalho infantil e fará também um quizzpara que os mineiros possam testar os conhecimentos a respeito do tema. Ambos estarão disponíveis também no site no Portal SER-DH.

Publicações

Outras duas publicações sobre o tema também estão disponíveis no Portal SER DH. O texto “Trabalho Infantil: o desafio para a sua prevenção e a sua eliminação todos os dias”, de Cássia Vieira de Melo, psicóloga, doutoranda, mestra em Ciências Sociais e especialista em Trabalho com Famílias e Comunidades e uma entrevista sobre “ O Trabalho Infantil Doméstico (TID)”, com a professora da Universidade da Amazônia (Unama), Danila Gentil Cal Lage.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários